Gabriel Carneiro
06/08/2016
06:30
São Paulo (SP)

O time profissional do Corinthians não atua como mandante no Pacaembu desde 2014, ano da inauguração da Arena de Itaquera, mas o Timão já usou o Estádio Municipal de São Paulo em outras ocasiões desde então. A última delas foi em 31 de maio deste ano, na final da Copa do Brasil sub-17 contra o Sport.

A vitória por 2 a 0 foi selada com um gol de Vitinho, uma das principais promessas do Timão nas últimas temporadas, e que se mostrou emocionado pelo feito na ocasião.

– Foi muito bom sentir a emoção de fazer o gol na final, ainda mais no Pacaembu, onde sempre será a casa do Corinthians. Um estádio que vinha com meu pai quando pequeno e hoje pude estar em campo, vestindo essa camisa e conquistando esse título tão importante – avaliou Vitinho, que emocionou seu pai corintiano com o gol marcado na decisão do principal torneio nacional de sua categoria.

- A final da Copa do Brasil foi um dia muito especial para mim. Senti muita emoção só de ver ele com a camisa do meu time de coração. Já é uma benção, aí chega a uma final no Pacaembu, eu entro no estádio já completamente feliz. Quando a narradora do estádio anunciou o nome dele, minha adrenalina foi a mil, em seguida, com dois minutos em campo, ele me faz o gol. Nossa, quase tive um infarto (risos). Não sabia se pulava ou tomava água, foi uma felicidade tremenda. Sempre levava ele no Pacaembu e agora posso ver ele jogando - disse, ao LANCE!, Emerson, pai de Vitinho.

O garoto nascido em Guarulhos quase deixou o clube no início do ano, quando o Timão perdeu o prazo para assinar seu primeiro contrato profissional e ganhou concorrência do Manchester City (ING). Após longa negociação, Vitinho assinou por três anos e seguiu a rotina pela equipe.

Hoje, Vitinho tem dois gols marcados no Campeonato Paulista sub-17, torneio que o Timãozinho iniciou a disputa da segunda fase há poucas semanas. Vem mais título por aí?