Gabriel Carneiro
05/01/2017
18:15
São Paulo (SP)

Causou espanto em boa parte da torcida do Corinthians a consulta realizada pela diretoria do clube aos empresários do experiente lateral-esquerdo Alvaro Pereira, hoje no Cerro Porteño (PAR), que foi informada pelo LANCE! no início da semana. A busca por informações foi uma espécie de prevenção do Timão às possibilidades de saída dos três laterais esquerdos do elenco atual: Uendel, Guilherme Arana e até Moisés, que volta de empréstimo do Bahia e não tem a permanência garantida em 2016. Os estágios são diferentes nos três casos.

Sobre Uendel
Terminou a temporada como titular da lateral e terceiro jogador com mais partidas disputadas, tem contrato até o fim de 2018 e ainda é um dos líderes do elenco. Nos últimos dias, no entanto, o jogador de 28 anos foi alvo de sondagens do Internacional, que vai disputar a Série B do Brasileirão neste ano. O clube gaúcho ainda avalia uma investida, mas a ideia é de uma proposta de compra dos direitos. No momento em que o Timão vive crise financeira.

- Existiu uma sondagem e existe uma conversa - limitou-se a dizer Fernando Garcia, empresário de Uendel, e que tem bom relacionamento com a diretoria do Corinthians.

Sobre Guilherme Arana
Garoto de 19 anos disputou seriamente pela titularidade do Corinthians em 2016 e apareceu em 22 partidas, com saldo positivo segundo comissão técnica e diretoria. A questão é que ele é muito valorizado pela idade e constantes convocações à Seleção Brasileira sub-20 - inclusive, ele está no Equador a serviço da equipe de Rogério Micale para o Sul-americano da categoria. Clubes de fora do país monitoram Arana desde a base e alguns, como o Manchester United (ING) e a Inter de Milão (ITA), prometeram investidas nesta janela. Até o momento não houve proposta, e a tendência é que siga assim.

Os representantes de Guilherme Arana - por sinal, os mesmos que trabalham com Uendel - agora querem esperar o fim do Sul-americano para conversar com os clubes interessados. Há a possibilidade de valorização em caso de boa campanha no torneio.

Sobre Moisés
Foi contratado do Bragantino no ano passado, atuou em 2016 emprestado ao Bahia e tem contrato somente até o fim do ano com o Corinthians, que negocia a renovação e ao mesmo tempo vê possibilidades de negócio. Moisés foi bem na Série B e tem sido oferecido a clubes do Brasil e de fora nas últimas semanas. Os empresários do jogador de 21 anos têm bom trânsito na Rússia e esperam levar propostas formais ao Timão em breve. Clubes como CSKA e Spartak de Moscou se animaram com o nome.

O Corinthians possui 70% dos direitos econômicos de Moisés e está disposto a fazer negócio, desde que não perca Uendel ou Guilherme Arana. Fabio Carille gostaria de aproveitar Moisés no elenco do ano que vem, mas também não abriria mão dos dois principais jogadores do setor.

E vai resolver quando?

Enquanto vive indefinições em relação a Uendel, Guilherme Arana e Moisés, o Corinthians confia em poucas mudanças no setor para 2017. A tendência no momento é que os dois primeiros permaneçam e o terceiro nome seja vendido para gerar receitas e ajudar na busca de outros jogadores. Caso Uendel ou Arana também avancem conversas para deixar o Timão, os contatos com os representantes do uruguaio Alvaro Pereira serão retomados. Na primeira conversa houve disposição pelo acerto.