Corinthians x Coritiba (Foto: Ale Cabral/Lancepress!)

Corinthians venceu Coritiba com gol no fim (Foto: Ale Cabral/Lancepress!)

LANCE!
07/11/2015
22:51
São Paulo (SP)

É verdade que o Corinthians ganhou do Coritiba por 2 a 1, na noite deste sábado, e encaminhou o título do Brasileirão. Ainda assim, o técnico Tite não gostou do que viu. Em entrevista concedida na Arena, cerca de uma hora após o apito final, o treinador admitiu que sua equipe preferiu jogadas plásticas àquelas objetivas.

– Foi um jogo atípico. Primeiro pela qualidade que o Coritiba colocou, colocando duas linhas de quatro, o Henrique enfiado junto com o Kléber. No primeiro tempo fomos bem, mas faltou ser mais objetivo, procurar mais o gol. E pagou no segundo tempo em função disso. Tomou gol e começou a confundir pressa com agilidade – declarou o comandante.

– Semana foi atípica e muito difícil. Filtrar tudo que vem de fora, comentários em função da grande atuação contra o Atlético-MG, dos 11 pontos de diferença, foi duro, foi difícil filtrar situações externas. Isso mexe com o atleta. Quando tomou o gol, o nível de concentração baixou, o número de erros aumentou. E eu avisei no intervalo. O time jogou mais bonito do que pelo objetivo no primeiro tempo, e pagou o preço no segundo tempo. Felizmente conseguiu retomar e faz o gol da vitória – completou.

Tite sonora frame
Tite classifica vitória contra o Coxa como 'jogo atípico'


Fato é que, jogando bem ou mal, o Corinthians abriu 14 pontos de vantagem para o Atlético-MG. Se o Galo tropeçar (empatar ou perder) neste domingo, contra o Figueirense, no Orlando Scarpelli, o Timão garante o Hexa.

Tite está ciente da matemática do campeonato. E, ao ser questionado sobre como será sua tarde de domingo, deu a entender que nem mesmo assistirá ao jogo do Atlético-MG.

– Estarei eu, minha esposa, meu filho e minha filha. Talvez mais gente. Minha esposa e minha filha estão no Sul. Vou viajar para o Sul. Ou eu Caxias ou em Porto Alegre estarei – disse.

– Eu não sei se eu vou assistir (ao jogo). Claro que vou acompanhar o resultado, mas assistir eu não sei. Se for, vai ser sem volume, porque a narração traz emoção. O rádio é extraordinário em relação a isso, porque te dá uma ilusão. Não gosto de ficar torcendo – completou.

Corinthians x Coritiba
Quase lá! Timão vence o Coxa e põe a mão na taça