Treino do Corinthians - Pacaembu 01/04/2016

Tite orienta treino do Corinthians no Pacaembu, palco do Dérbi de domingo  (Foto: Gabriel Carneiro)

LANCE!
01/04/2016
18:08
São Paulo (SP)

Apesar de ter treinado dois dias seguidos na formação titular do Corinthians, o volante Elias só descobrirá se começa jogando contra o Palmeiras na manhã deste sábado, última atividade de preparação antes do Dérbi da penúltima rodada da primeira fase do Paulistão. O próprio técnico Tite ainda admite ter dúvida na formação titular. Sem contar com Rodriguinho, que voltou a sentir dores na perna direita, o comandante ainda não decidiu se escala Elias, que volta ao time após 12 partidas e será relacionado para o clássico, ou o garoto Maycon, que tem aproveitado as chances e se firmou como opção para o setor.

- Antes do Elias jogar, é o Rodrigo que não pode ir para o jogo, está impossibilitado em função de razões clínicas. Entre Elias e Maycon eu defino amanhã (sábado), mais para Elias. Tem o peso do nome, claro, mas o momento é fundamental. Elias poderia ter estado no banco quarta para apressar o processo, mas não foi. Não está em condições ideais, mas queremos que ele esteja em condições físicas e clínicas normais para entrar em campo - explicou Tite, que viu bom rendimento de seu camisa 7 nos trabalhos comandados nesta sexta-feira, no Pacaembu, palco da partida pelo Paulistão.

Elias entrou em campo apenas três vezes nesta temporada, enquanto Maycon já soma dez jogos e um gol marcado. Tanto nesta sexta quando no dia anterior, o experiente camisa 7 foi testado entre os titulares na seguinte formação: Cássio; Fagner, Felipe, Yago e Uendel; Bruno Henrique; Giovanni Augusto, Elias, Guilherme e Lucca; André. Maycon, por sua vez, formou o time reserva dos treinamentos ao lado de Willians, Romero, Alan Mineiro e Danilo. O último esboço ficou para o treino da manhã deste sábado, no CT Joaquim Grava.

Contra o Palmeiras, o Corinthians entrará em campo sem correr qualquer risco. A equipe do técnico Tite já está classificada para as quartas de final como primeira colocada do Grupo D e também a melhora da primeira fase da competição, mesmo restando duas rodadas para o fim. Até o adversário, que será o Red Bull Brasil, e o palco, a Arena Corinthians, já estão definidos antes mesmo de entrar em campo no Dérbi. O bom momento, que caminha junto com as marcas de melhor ataque e melhor defesa do Paulistão, orgulha Tite, mas também é sinônimo de preocupação.

- Qualidade técnica, nível de concentração alto, funções táticas com e sem bola, termos físicos... Se deixarmos um desses aspectos cair ou a vaidade bater, esse perigo existe, de tudo cair junto. Se não deixarmos, a campanha seguirá e tudo acontecerá - diagnosticou o treinador alvinegro.