Coletiva de Imprensa com Tite - Corinthians

Tite comentou sobre a situação do país após jogo contra o Cerro (Foto: Mauro Horita/AGIF/Lancepress!)

LANCE!
17/03/2016
06:05
São Paulo (SP)

A crise política vivida pelo Brasil e as investigações da Operação Lava-Jato foram comentadas pelo técnico Tite, em entrevista coletiva após a vitória por 2 a 0 sobre o Cerro Porteño (PAR), na última quarta-feira.

Evitando citar nomes e escolhendo palavras, o comandante alvinegro fez um apelo as instituições brasileiras e lamentou as recorrentes denúncias de desvio de dinheiro público:

- Falo como cidadão brasileiro... Meu primeiro sentimento é de dizer assim: corrupção mata, roubar dinheiro mata. Você mata a edução de um garoto na favela, a oportunidade de alguém ter uma vida melhor, saúde melhor, segurança a mais. Impacta o crime de matar, mas quem rouba comete um crime surdo - disse.

- Tenho uma série de defeitos, tenho minha parte negra, chata, de tentação... Mas a gente escolhe o que põe para fora. Como cidadão, gostaria que as instituições marcassem: quem erra, paga - completou.