HOME - Corinthians x Coritiba - Campeonato Brasileiro - Lucca (Foto: Ari Ferreira/LANCE!Press)

Tite elogiou o desempenho de Lucca, atacante que veio do Criciúma (Foto: Mauro Horita/AGIF/LANCE!Press)

LANCE!
08/11/2015
10:00
São Paulo (SP)

Depois de marcar o gol que sacramentou a vitória do Corinthians sobre o Atlético-MG, Lucca novamente saiu do banco para decidir. Em uma partida em que o Timão estava abaixo do que vinha produzindo, ele entrou no lugar de Malcom e anotou o gol que garantiu a vitória sobre o Coxa.

Contratado junto ao Criciúma por conta da lesão que Rildo, reserva imediato para o ataque, sofreu, Lucca vem tendo atuações decisivas e conquistando o carinho da Fiel. Segundo Tite, comandante da equipe, o atacante chegou ao Timão 'aos 48 do segundo tempo' e com seu filho pressionando.


- O primeiro mérito é da equipe toda que foi buscá-lo após a lesão do Rildo. E abrir essa possibilidade dentro da questão financeira que o clube vive. E aí pintou o Lucca. Toda essa análise das características dele, feita por toda a comissão técnica do Corinthians, passei dois dias com meu filho enchendo o saco: "Pai, o Lucca é bom". Eu disse: "Para de me encher o saco". Liguei para o Gilmar, que foi técnico dele no Criciúma, e está no Náutico, e me disse que ele era um cara bom, finalizador. Moral da história:se o Edu contar que só deu essa situação aos 48 do segundo tempo... - disse Tite.

Após o apito final na partida contra o Coxa, os jogadores tentaram conter a euforia e não deram a tradicional volta olímpica de campeão. Durante a semana, Tite disse que era contra a volta, mas garantiu que não interferiu na ação de seus atletas.

- Não pedi nada, só não iria fazer. Mas não pedi nada. Foi a consciência deles. Foi o bom senso deles - disse.