Gabriel Carneiro
17/05/2016
11:39
São Paulo (SP)

O Corinthians se reapresentou na manhã desta terça-feira, no CT Joaquim Grava, e retomou a rotina de treinamentos após o empate em 0 a 0 do último domingo, contra o Grêmio, pela primeira rodada do Campeonato Brasileiro. Entre os titulares da estreia, apenas duas exceções: Walter, que trabalhou normalmente na atividade de reapresentação, e Elias, que não foi a campo e ficou na academia realizando reforço muscular. Os outros nove jogadores trabalharam primeiro na parte interna e depois foram a campo, divididos em grupos, para leves corridas ao redor do gramado. Já os reservas participaram de uma atividade técnica-tática sob o comando de Cléber Xavier, auxiliar de Tite.

A principal novidade no treino dos reservas foi a presença do lateral-direito Léo Príncipe, de 19 anos. O garoto vice-campeão da Copa São Paulo de Juniores neste ano estava emprestado ao Oeste para disputar a Série B, mas o Timão solicitou o retorno após acertar a liberação de Edilson para o Grêmio. Léo Príncipe agora será o reserva imediato de Fagner na lateral, e já deve ficar à disposição no domingo, quando o Corinthians visita o Vitória na segunda rodada do Brasileirão. Ao LANCE!, Léo Príncipe se mostrou ansioso pelas oportunidades no time profissional.

Léo Príncipe esteve em uma atividade que não definiu time ou nada parecido. Apenas reservas estavam em campo, e a comissão técnica completou os trabalhos com garotos das categorias de base que o clube não divulgou os nomes. Uma das equipes foi escalada assim: Cássio; Guilherme Andrade, Yago, Pedro Henrique e Arana; Cristian; Danilo, Maycon e Lucca; Luciano, com mais um garoto da base. Já o outro time tinha três jovens e mais os seguintes nomes: Walter; Léo Príncipe e Vilson; Willians; Marlone, Alan Mineiro, Guilherme e Giovanni Augusto.

Cássio, presente em uma das equipes, participou de treinos pela primeira vez desde a última sexta-feira, quando foi liberado para acompanhar o sepultamento de sua avó no Rio Grande do Sul. O goleiro não participou do confronto diante do Grêmio, mas volta contra o Vitória. Nesta terça, ele treinou ao lado de Walter e Caíque França, já que Matheus Vidotto se lesionou durante o aquecimento na primeira rodada e fica fora de ação por pelo menos um mês.

Além de Matheus Vidotto, apenas Rildo está em tratamento no departamento médico. O atacante Isaac, que também não participou do treino, realizou trabalhos na caixa de areia e outros treinos físicos em campo. Ele está em fase final de tratamento de lesão.