Bruno Cassucci e Gabriel Carneiro
28/10/2016
06:30
São Paulo (SP)

O fim de 2016 e o início da próxima temporada prometem ser agitados no Corinthians. O clube buscará reforços, mas também deve perder jogadores. Três saídas são praticamente certas: as do volante Willians e dos atacantes Rildo e Isaac. Eles estão emprestados até o fim do ano e não devem ter seus contratos renovados.

Dos três, Rildo é o que tem mais chances de ser aproveitado. Ele trabalhou com o técnico Oswaldo de Oliveira no Santos e teve a contratação pedida por ele quando o treinador comandava o Palmeiras. Como ficará livre também do vínculo que tem com a Ponte Preta, o atacante poderia firmar novo contrato com o Timão sem custos. Ele vem entrando no decorrer dos jogos.

Já Willians foi cedido pelo Cruzeiro e acabou sendo perseguido por parte da Fiel torcida, que o vaiou até durante aquecimentos. Embora venha sendo utilizado, ele deve ser devolvido.

Isaac, por sua vez, nem sequer estreou com a camisa alvinegra. No Timão desde o ano passado, emprestado pelo Botafogo-SP, o jogador de 20 anos não teve chances com Tite, Cristóvão Borges, Fabio Carille e Oswaldo.


Por outro lado, uma "barca" de devoluções deve chegar ao Parque São Jorge em janeiro de 2017. Alan Mineiro, Claudinho e Rodrigo San (Bragantino), Gustavo Vieira (Rubio Ñu), Maycon (Ponte Preta), Mendoza (New York City) e Moisés (Bahia) têm empréstimos encerrados no fim deste ano. 

Desta lista, entretanto, poucos foram utilizados no passado e devem ser aproveitados no futuro. O mais aguardado é Maycon, volante que se destacou na Copa São Paulo deste ano e foi aproveitado em 15 jogos pelo técnico Tite.