Corinthians

Grupo comemora gol marcado diante do Botafogo-SP (Foto: Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians)

Gabriel Carneiro
15/03/2016
10:30
São Paulo (SP)

O que têm em comum Ángel Romero, André, Lucca, Guilherme, Uendel, Yago, Rodriguinho, Felipe, Danilo, Maycon, Giovanni Augusto e Escalona, zagueiro do Cobresal, do Chile? Como visto, não é o clube que defendem, o setor em que atuam e nem a faixa etária. Os 12 nomes foram autores dos 17 gols do Corinthians em jogos oficiais de 2016, incluindo Copa Libertadores e Campeonato Paulista.  Às vésperas de um dos jogos mais importantes do semestre, nesta quarta-feira, o Corinthians põe à prova sua solidariedade ofensiva sem contar com André, teoricamente o homem-gol do time de Tite.

André foi expulso nos primeiros minutos do segundo tempo da partida contra o Cerro Porteño, do Paraguai, na quarta-feira passada. Nesta quarta, na abertura da quarta rodada da fase de grupos da Copa Libertadores, o Timão provavelmente terá Luciano na função de centroavante. Após quatro jogos, sendo dois como titular, o camisa 18 é um dos "poucos" que ainda não marcaram na temporada.

Tite utilizou 25 jogadores no Corinthians de 2016, e 11 deles marcaram gols: três para Ángel Romero, o artilheiro da temporada até o momento, dois para André, Lucca e Guilherme e mais um na conta dos seguintes jogadores: Uendel, Yago, Rodriguinho, Felipe, Danilo, Maycon e Giovanni Augusto. Completa a lista alvinegra o zagueiro chileno Miguel Escalona, que marcou contra as próprias redes na vitória por 1 a 0 do Corinthians diante do Cobresal, na primeira rodada da fase de grupos da Libertadores.

O Corinthians anotou 17 gols em 12 jogos oficiais na temporada. Somando-se a pré-temporada foram três na vitória diante do Shakhtar Donetsk, da Ucrânia, marcados por Danilo e Romero (duas vezes).