Elenco do Corinthians com o técnico Tite (Foto: Daniel Augusto Jr)

Elenco do Corinthians com o técnico Tite (Foto: Daniel Augusto Jr)

Bruno Cassucci
11/05/2016
06:15
São Paulo (SP)

Depois de sofrer uma debandada de jogadores no início do ano, quando perdeu seis titulares da conquista do hexacampeonato brasileiro em 2015, o Corinthians espera um cenário mais tranquilo na janela de transferências do meio do ano.

No entanto, mesmo assim o clube reconhece o risco de perder jogadores. Embora prometa lutar para manter o elenco, o diretor adjunto de futebol, Eduardo Ferreira admite o risco de saídas ocorrerem:

- O Corinthians, por sua grandeza e trabalho, por tudo que está demonstrando, é uma grande vitrine no Brasil e na América do Sul para todo o mundo. A gente sempre tem esse problema, essa exposição na janela. Mas com certeza não será como dezembro e janeiro - disse Ferreira, ao LANCE!.

- A gente sempre está atento a isso, a sondagens... A ideia é sempre não perder, mas sabemos que há casos que chegam a ser inevitáveis. A ideia é manter o grupo - completou o dirigente.

Um dos alvos em potencial dos clubes do exterior é o zagueiro Felipe. O LANCE! revelou na última segunda-feira que ele recebeu uma sondagem do Porto, de Portugal, a qual o próprio atleta confirmou. O volante Elias, convocado para a Copa América pela Seleção e que negociou com um clube chinês no início da temporada, é outro que deve receber ofertas.

A fim de segurar seus principais jogadores, o Timão tem ampliado a multa rescisória dos atletas e buscado a renovação contratual com aqueles cujos vínculos estão perto do fim.