Gabriel Carneiro
25/07/2016
14:54
São Paulo (SP)

O Corinthians está preparando a venda de Alexandre Pato ao Villarreal, da Espanha, e até já informou o técnico Cristóvão Borges de que o atacante não ficará à disposição se tudo acontecer conforme o planejado nos próximos dias. O jogador de 26 anos já tem acerto encaminhado com o clube europeu, mas ainda não há acordo com o clube brasileiro, que tem contrato com Pato até o fim desta temporada e iniciou as negociações pedindo 5 milhões de euros (R$ 18 milhões). O valor já diminuiu, mas ainda não atingiu o mínimo que o Timão espera, e por isso as conversas não se encerraram.

Há três semanas realizando uma pré-temporada particular no CT Joaquim Grava, Pato estava sendo preparado para reestrear pelo Corinthians no último sábado, contra o Figueirense. Porém, o atacante foi cortado da lista de relacionados na véspera e o Timão alegou razões físicas. No dia seguinte, o clube admitiu as sondagens do Villarreal e confirmou a abertura de negociações para venda dos 60% dos direitos econômicos que detém do atacante comprado em 2013 por R$ 40 milhões e já emprestado duas vezes, a São Paulo e Chelsea (ING).

O Corinthians iniciou as negociações com uma pedida de 5 milhões de euros pelos 60% dos direitos que possui, mas os valores foram considerados altos pelos espanhóis, que sinalizaram inicialmente com um quinto do valor. Nos últimos dias, o clube europeu mostrou disposição para elevar os valores, e o Timão segue aguardando a oficialização da proposta. Internamente, há a sensação de que algo entre 2 e 3 milhões de euros seja definitivo para o negócio ser fechado, pois o Corinthians vê a formalização do interesse do Villarreal como última chance de recuperar parte do que foi investido em Pato.

O jogador terá um encontro com dirigentes do Corinthians ainda nesta segunda-feira, mas dificilmente haverá definição, já que é Gilmar Veloz, empresário do atacante, quem está intermediando as negociações entre o Timão e o Villarreal. Cristóvão Borges, porém, já foi avisado de que não deve poder utilizar Pato no Campeonato Brasileiro e na Copa do Brasil.

- Eu conversei com a diretoria sobre isto. Ela me passou que existe, sim, a possibilidade de ele ser vendido. Eles estão conversando sobre isto... Mas enquanto não acontece, ele vai se preparando. À medida que se aproximar das melhores condições, vai participar dos jogos - disse, à Rádio Jovem Pan, o técnico do Corinthians.