Gustavo

Gustavo 'assinou' com o Corinthians ao lado de seu empresário na quinta-feira (Foto: Divulgação)

Gabriel Carneiro
26/08/2016
13:03
São Paulo (SP)

O Corinthians transmitiu ao vivo em suas redes sociais, no início da tarde de quinta-feira, a assinatura de contrato dos dois novos reforços para a temporada, que são o volante Jean e o atacante Gustavo, ex-jogadores de Paraná e Criciúma, respectivamente. Porém, o clube não anunciou as contratações no site oficial e nem divulgou fotos da dupla, como é costume. A explicação para o "engano" foi dada por Eduardo Ferreira, diretor adjunto de futebol do Timão. Gustavo, na verdade, ainda não é jogador do clube, e tampouco já rescindiu com o clube catarinense pelo qual é goleador da Série B do Brasileirão.

- São pequenos detalhes entre o Corinthians e Criciúma. Pagamento e documentação, que foram resolvidos agora de manhã. Ele foi a Criciúma assinar a rescisão. Está tudo tranquilo e resolvido - relatou o dirigente do Corinthians.

O contrato de Jean com o Paraná foi rescindido na própria quinta-feira, e o volante de 21 anos já foi apresentado nesta sexta. Já o de Gustavo com o Criciúma ainda não foi desfeito e, portanto, não há contrato assinado com o Corinthians e nem possibilidade de publicação de seu nome no Boletim Diário (BID), da CBF. O atacante de 22 anos não trabalhou nesta sexta, no CT Joaquim Grava, para viajar a Santa Catarina, onde enfim acertará a rescisão de contrato com o Criciúma para então voltar a São Paulo e virar jogador do Timão.

Gustavo foi comprado pelo Corinthians por R$ 4 milhões, sendo R$ 1 milhão pago a empresários e o próprio jogador e mais R$ 3 milhões ao Criciúma. O Timão ficará com 45% dos direitos econômicos do atacante e contrato até dezembro de 2020, enquanto o Criciúma seguirá com 35% e o Taboão da Serra, seu clube formador, com os 20% restantes. Gustavo, apelidado de Gustagol pela torcida catarinense, é esperança do Timão para a camisa 9 após as saídas de André e Luciano para o futebol europeu.