Gabriel Carneiro
19/11/2016
13:10
São Paulo (SP)

Torcedor corintiano, não se surpreenda se o atacante Léo Jabá ganhar uma oportunidade de entrar em campo ainda nestas rodadas finais do Campeonato Brasileiro. Aos 18 anos, o jogador recém-promovido das categorias de base ganhou espaço sob o comando do técnico Oswaldo de Oliveira, tem sido utilizado constantemente como reserva imediato nos treinamentos e neste sábado conversou longamente com o treinador, que pediu ajustes e incentivou lances agudos da promessa. Ele deverá ser relacionado e ficar no banco de reservas na partida contra o Internacional, nesta segunda-feira, na Arena.

À vontade no CT Joaquim Grava, Léo Jabá foi um dos destaques do penúltimo treinamento antes da 36ª rodada do Brasileirão. Quem sofreu com ele foi o volante Willians, responsável por sua marcação no time titular. Em determinado momento do treino coletivo, o camisa 5 foi desarmado pelo garoto e correu quase metade do campo atrás dele para recuperar. Sem sucesso. Poucos minutos depois, o próprio Willians deu uma entrada dura em Léo Jabá, que recebeu atendimento médico no gramado, mas seguiu no treino.

Além da expectativa por um "fato novo" traduzido na figura de um jovem jogador que jamais atuou profissionalmente em partidas oficiais, o Corinthians tenta superar a má fase e o jejum de quatro partidas sem vencer no Brasileirão com bom humor. Neste sábado, dois momentos chamaram atenção no CT, um envolvendo o lateral Guilherme Arana e outro o técnico Oswaldo de Oliveira.

Após o treino, jogadores e comissão técnica distribuíram autógrafos e atenderam fãs na saída do gramado. Arana ficou um tempão conversando com um grupo em que estavam membros do seu fã clube. Ele sofreu uma cobrança dura por parte de uma das meninas. Aparentemente, o jogador só curtiu uma foto do perfil do fã clube nas redes sociais nesta semana, o que incomodou os membros. Com bom humor, o jovem corintiano tentou se explicar e tirou várias fotos junto com o grupo.

Oswaldo também foi abordado pelos torcedores na saída do gramado. Sorridente, o treinador já chegou avisando: "Autógrafo é dez reais e fotografia é vinte". Os torcedores riram e um deles teve a ousadia de perguntar o seguinte: "E para rebaixar o Inter, quanto é?". Oswaldo ficou sem jeito, sorriu e apenas tirou as fotos com o grupo, que não cobrou uma resposta.

Nem tudo são flores - Além do lance de Willians com Léo Jabá, outro lance pesado chamou atenção no treino deste sábado: Jean cometeu uma falta dura em Marciel no segundo tempo do treino coletivo, depois de ser desarmado. Apesar de não ter acontecido nada grave com Marciel, Jean levou uma bronca de Cristian, companheiro mais experiente da mesma posição.