LANCE!
10/09/2017
18:51
Santos (SP)

Três derrotas em quatro partidas no segundo turno acenderam o sinal de alerta do Corinthians no Campeonato Brasileiro. Neste domingo, a equipe do técnico Fábio Carille saiu derrotada por 2 a 0 pelo Santos e viu o rival diminuir a distância para nove pontos restando 15 rodadas para o fim do torneio. De acordo com o comandante, o resultado pode ser considerado normal, mas como ocorre após duas derrotas consecutivas em casa merece maior atenção.

- Todo técnico queria estar com essa dificuldade em questão de pontuação. Mas nosso segundo turno não é bom e precisamos melhorar, temos de melhorar se queremos algo no campeonato. Mais atenção e preocupação. Jogar contra o Santos aqui não é fácil. Viemos para ganhar, mas uma derrota não é um resultado absurdo e o alerta tem que estar ligado sempre. O campeonato é de dificuldade. É um segundo turno que a gente não esperava - disse Carille, antes de enumerar os erros do Timão contra o Santos.

- Fizemos um bom jogo aqui, criamos oportunidades e os dois gols do Santos foram em cima do nosso erro. O principal fator foram erros de passe nossos, passes simples que cobro tanto. Também voltamos a falhar na finalização. Sou muito ciente e tranquilo do que está acontecendo, sei que preciso melhorar, mas sou o mesmo cara de sempre. O que me chateou foram os erros de passe e a questão da finalização, que vamos continuar trabalhando.

O Corinthians obteve o melhor turno da história do Campeonato Brasileiro na primeira metade, quando alcançou inéditos 47 pontos. No segundo turno, entretanto, o desempenho é de zona de rebaixamento, com três pontos somados em 12 disputados. O Grêmio está sete pontos atrás e o Santos, terceiro colocado, agora está a nove de distância. Preocupação?

- A gente tem que ser inteligente, o Grêmio em quatro jogos fez quatro pontos e nós três. Não conseguimos os resultados esperados, mas estamos com uma vantagem grande pelo que fizemos no primeiro turno. Penso jogo a jogo. Sei que temos sete pontos e não é fácil tirar.