Eduardo Baptista e Oswaldo de Oliveira

Eduardo Baptista pretende cumprir contrato com a Ponte Preta (Foto: PontePress/FábioLeoni)

Bruno Cassucci
15/06/2016
19:06
São Paulo (SP)

- Vamos começar a trabalhar já. Se puder, quero que no domingo tenha um treinador novo.

Roberto de Andrade, presidente do Corinthians, não apenas falou, como também agiu. Com apoio de outros dirigentes da cúpula do futebol alvinegro, o mandatário iniciou sondagens a possíveis substitutos de Tite no comando do clube. Não houve propostas oficiais, mas contatos a fim de descobrir a situação e o interesse de treinadores.

Dois dos técnicos procurados foram Eduardo Baptista, nome que agrada à parte da diretoria corintiana, como o ex-presidente Andrés Sanchez, e Oswaldo de Oliveira, um dos preferidos de Roberto de Andrade. As reações dos dois foram bem distintas.

Eduardo Baptista sentiu-se lisonjeado pelo interesse do Timão, mas disse não estar disposto a romper contrato com a Ponte Preta. O fato de ser de Campinas e ter forte ligação com o clube e a cidade fizeram com que ele não se animasse em trocar de ares. Ano passado, ele rompeu contrato com o Sport para ir para o Fluminense, atitude que pretende não repetir. 

Já Oswaldo ponderou a pessoas próximas que mantém vínculo com o Sport, mas mostrou-se aberto a voltar ao clube pelo qual foi campeão mundial em 2000 e brasileiro em 1999.

Procurado pelo LANCE!, Augusto Castro, representante de Oswaldo de Oliveira, negou qualquer contato do Timão.

Juntamente com o novo gerente de futebol Alessandro e o diretor adjunto de futebol, Eduardo Ferreira, Roberto de Andrade intensificará a busca por um substituto para Tite na noite desta quarta-feira e ao longo da quinta. Embora tenha dito que não pensava em um novo técnico até esta tarde, o presidente alvinegro já tinha em mente e discutia com pessoas próximas nomes com potencial para dirigir a equipe.

O Corinthians vai a campo nesta quinta-feira, contra o Fluminense, em Brasília, sob o comando do interino Fábio Carille, ex-auxiliar de Tite. O time volta a campo no domingo, contra o Botafogo, na Arena.