Bruno Cassucci
19/12/2016
15:21
São Paulo (SP)

A diretoria do Corinthians sofre na busca por um substituto para Oswaldo de Oliveira no comando da equipe. A maior dificuldade está em definir um perfil do novo comandante. Promissor, medalhão, empregado, livre... Diversos nomes foram cogitados, alguns sondados, mas nenhuma negociação avançou. Neste cenário, a cúpula alvinegra passou a discutir até mesmo a contratação de um estrangeiro, algo até então descartado.

Reinaldo Rueda, colombiano de 59 anos, treinador do Atlético Nacional (COL) foi indicado e agradou. Porém, segundo o jornal "El Colombiano", o campeão da última Libertadores permanecerá na sua equipe.

De acordo com a publicação, além de ter um acordo para permanecer no Nacional, Rueda passará por uma cirurgia no quadril em janeiro. Assim, ele deve ficar afastado por dois a três meses, deixando seus auxiliares Bernardo Redín e Carlos Eduardo Velasco (preparador físico) à frente da equipe.

Embora agradasse, o nome de Rueda sofria certa rejeição interna no Corinthians. O temor era de que ele demorasse até se adaptar ao clube e ao Brasil e, assim, atrapalhasse o planejamento para a próxima temporada. Foi com esse argumento que em outros momentos o Timão descartou buscar um treinador de outro país.

A diretoria alvinegra pretende acertar a contratação do próximo treinador nesta semana, para intensificar as negociações por reforços. Além disso, as festas de fim de ano e uma viagem do presidente Roberto de Andrade, prevista para o fim desta semana, aumentam a pressa.

O Corinthians sondou Guto Ferreira, do Bahia, e Jair Ventura, do Botafogo. Vanderlei Luxemburgo, desempregado, também foi cogitado, mas sofre muita rejeição. Uma ala do clube defende a contratação de Paulo Autuori, do Atlético-PR, mas a chegada dele é vista como muito difícil.