Bruno Cassucci e Gabriel Carneiro
24/11/2016
07:00
São Paulo (SP)

O interesse do Corinthians na contratação do volante Rithely, conforme informado pelo LANCE! há duas semanas, não esfriou ou foi esquecido. As conversas seguem em andamento, mas o Timão deve apresentar uma proposta formal apenas depois do fim do Brasileirão e, especialmente, da eleição presidencial do Sport, clube que detém 50% dos direitos econômicos do jogador e elegerá seu novo mandatário em 16 de dezembro. 

As indefinições no rumos dos dois clubes para 2017 atrapalham a negociação com Rithely: o Sport vê o jogador de 25 anos como importante para o elenco, mas sabe que pode lucrar com sua venda e ainda não tem um novo presidente eleito para definir questões internas. Já o Corinthians deseja o jogador, aprovado por analistas e comissão técnica, mas depende da classificação para a Libertadores do ano que vem para definir seu grau de investimento.


O que dá esperança ao Corinthians na negociação, que já é considerada difícil internamente, é que um grupo de investidores detém 50% dos direitos econômicos de Rithely. O clube pensa em comprar parte da empresa e parte do Sport e até oferecer jogadores em troca ao clube pernambucano. Uma das alternativas estudadas pelo Timão foi Marlone, mas o atual bom momento do camisa 8 esfriou a possibilidade. O próprio jogador não deseja a transferência.

Rithely trabalhou seis meses com o técnico Oswaldo de Oliveira, que deu sinal verde à contratação. O técnico, aliás, já havia recomendado a contratação do jogador antes de comandá-lo, quando treinou o Palmeiras. O gerente de futebol do Corinthians, Alessandro Nunes, está à frente das conversas com o Sport, os investidores e representantes de Rithely, mas o clube não pretende se manifestar publicamente sobre o assunto por conta do momento do Timão no Campeonato Brasileiro.

Rithely foi comprado pelo Sport em 2011, por R$ 250 mil, e tem sido um dos principais jogadores do clube nos últimos anos, tanto que já despertou interesse de clubes como Fluminense, Palmeiras e até mercado chinês no último ano. Nesta janela, novos clubes devem procurar o jogador, que tem contrato no Leão da Ilha do Retiro até o fim de 2019.

O Corinthians já acertou três reforços para a próxima temporada: Luidy, do CRB-AL, e os experientes Jô e Wagner, que estavam no futebol chinês.