Treino Corinthians

Chuva não deu trégua durante uma hora e meia de treinamento na manhã deste sábado (Foto: Gabriel Carneiro)

Gabriel Carneiro
07/10/2017
13:02
São Paulo (SP)

Debaixo de uma chuva que não deu trégua durante cerca de uma hora e meia, o Corinthians seguiu sua preparação para a retomada do Campeonato Brasileiro na próxima quarta-feira, contra o Coritiba. Em campo, o técnico Fábio Carille repetiu a escalação que havia esboçado ao longo da semana, mas testou uma alternativa de jogo sem contar com Jadson, que deixou o treino técnico em espaço reduzido antes dos demais companheiros para completar os trabalhos na academia do CT Joaquim Grava.

Walter; Léo Príncipe, Ameixa, Pedro Henrique e Guilherme Arana; Camacho e Maycon; Jadson, Rodriguinho e Marquinhos Gabriel; Kazim foi a escalação que iniciou os trabalhos, mas o camisa 10 saiu depois de poucos minutos e foi substituído por Clayson. Kazim também deixou o time titular e integrou o reserva para que as duas equipes observadas no treinamento ficassem com o mesmo número de jogadores em campo.

Clayson, aliás, foi um dos destaques do treino deste sábado. Elogiado pela marcação agressiva na saída de bola do time reserva, o camisa 25 criou boas chances ao lado de Guilherme Arana pelo lado esquerdo do ataque. O time titular, porém, não fez gols durante a atividade.

No time reserva quem chamou atenção foi Danilo, recuperado de uma lesão muscular na panturrilha esquerda que atrapalhou seu retorno ao futebol mais de um ano após um grave problema na outra perna que já o afasta do time há 400 dias. O jogador de 38 anos atuou como armador e até ponta-esquerda, com obrigações defensivas, durante o treino. O time foi escalado assim: Matheus/Caique; Fagner, Gabriel, Moisés e Marciel; Fellipe Bastos; Pedrinho, Danilo e Giovanni Augusto; Kazim. Léo Santos voltou a campo, mas participou de apenas uma parte dos trabalhos, recuperado de dores no púbis.

Esta parte do treino em que o time foi escalado ocorreu em tiros curtos, em que Carille exigia poucos e curtos passes, soluções rápidas da defesa para tirar a bola das zonas de pressão e também conclusões rápidas, com chutes de fora da área e jogadas mais agudas. Ele também fez testes na escalação, como a inversão dos lados de Marquinhos Gabriel e Clayson.

Antes deste trabalho ainda houve um trabalho técnico com titulares e reservas misturados em espaço curto e participação do goleiro com os pés, além de trabalhos físicos. Vilson, Pablo, Paulo Roberto e Jô permaneceram na academia - os três últimos devem ter condições de jogo até dia 11, contra o Coritiba. Já Cássio, Balbuena e Romero estão nas Eliminatórias da Copa do Mundo e Mantuan, Rodrigo Figueiredo e Carlinhos chegam no domingo ao Brasil após excursão com o time sub-20 na Espanha.

O Corinthians treina neste domingo com os portões fechados e segue em preparação para a 27ª rodada do Campeonato Brasileiro.