Gabriel Carneiro
26/10/2017
12:28
São Paulo (SP)

Seis meses após a partida que é considerada por muitos como auge técnico do Corinthians em 2017, o time ideal deverá voltar a ser escalado por Fábio Carille neste domingo. Curiosamente, a adversária é a mesma Ponte Preta goleada por 3 a 0 no primeiro jogo das finais do Campeonato Paulista, em abril. Nesta quinta-feira, o treinador esboçou a seguinte escalação: Cássio; Fagner, Balbuena, Pablo e Guilherme Arana; Gabriel e Maycon; Jadson, Rodriguinho e Romero; Jô.

Em relação à derrota diante do Botafogo da última segunda-feira são duas novidades: Pablo, recuperado de contusão após quatro jogos como desfalque, na vaga de Pedro Henrique, e Romero, que foi barrado da equipe na última rodada, mas agora substitui Marquinhos Gabriel novamente. Ao longo do treino, a mexida na zaga foi testada em um tempo e a do ataque apareceu nos dois, indicando a tendência de mudança na formação titular.

A quinta-feira começou com um treino físico em que chamou a atenção a presença de 27 dos 29 jogadores de linha do elenco totalmente aptos - apenas os lesionados Vilson e Paulo Roberto não apareceram. Depois disso, Carille separou titulares e reservas para um treino técnico, esboçou o time que deve enfrentar a Ponte e deixou os seguintes nomes como suplentes: Walter; Léo Príncipe, Léo Santos, Pedro Henrique e Marciel; Fellipe Bastos e Camacho; Marquinhos Gabriel, Giovanni Augusto e Clayson; Jô.

Na primeira parte do treino, em espaço reduzido e com limite de dois toques na bola, Romero abriu o placar para os titulares, mas Clayson e Giovanni Augusto viraram para os reservas: 2 a 1. Depois, Carille aumentou o campo e permitiu toques ilimitados. Foi quando Jô marcou o gol da vitória dos titulares por 1 a 0. No fim, Romero perdeu uma chance após lindo passe de Rodriguinho. 

O experiente meia Danilo revezou com o novato Pedrinho a condição de curinga, servindo aos dois times no treino técnico. Enquanto isso, mais sete jogadores treinaram à parte: Warian, Mantuan, Rodrigo Figueiredo, Moisés, Carlinhos e os goleiros Matheus e Caique. 

Antes da partida contra a Ponte Preta ainda haverá mais dois turnos de treinamentos, e Carille poderá fazer mudanças na escalação. A tendência, porém, é que o time considerado ideal desde o título paulista retorne no domingo, às 17h, novamente no estádio Moisés Lucarelli.