Santos x Corinthians

                  Corinthians não manteve a vitória e foi derrotado pelo Santos na Vila (Foto: Ivan Storti/Lancepress!)

LANCE!
12/09/2016
23:46
São Paulo (SP)

O Corinthians saiu na frente do Santos no último domingo, mas levou a virada e acabou derrotado na Vila Belmiro. A missão da equipe comandada por Cristóvão Borges é ser mais regular em campo para encurtar a distância para o líder Palmeiras. Foi o que garantiu o apoiador Rodriguinho nesta segunda-feira, durante o programa "Bem, Amigos!", do SporTV.

Em um primeiro momento, Rodriguinho lamentou o fato de o Corinthians não ter mantido na etapa final contra o Santos o mesmo futebol visto no primeiro tempo.

– Foram dois tempos distintos. No primeiro tempo a gente conseguiu neutralizar muito bem a equipe do Santos. Conseguimos tirar a saída de bola deles e tivemos um certo domínio da partida. E no segundo tempo a gente deixou cair um pouco e a equipe adversária jogou melhor e conseguiu a virada infelizmente – disse o jogador, antes de completar:

– Jogamos o segundo tempo do Sport muito bem e o primeiro tempo do Santos foi excelente. Precisamos aumentar esse tempo em que jogamos em alto nível para conseguir os resultados e não deixar escapar (o resultado) como foi agora.

Indagado sobre a parcela de responsabilidade do técnico Cristóvão Borges no revés para o Santos, Rodriguinho citou a possibilidade de as alterações feitas não surtirem o efeito esperado pelo desempenho apresentado pelo atleta que entra em campo.

– Não podemos colocar tudo na conta dele né?. Lógico que nós que temos a nossa parcela de culpa também. E é complicado quando o atleta não entra bem também. Aí prejudica aquilo que ele pensou – disse o jogador, antes de citar Tite, que comandava o Corinthians antes de chegada de Cristóvão.

– O Tite ele tinha um aval da torcida muito maior. O que ele fazia ninguém discordava. Infelizmente ele (Cristóvão) acaba tendo essa sombra em que acaba em uma mexida errada ou em algo que aconteça, todos colocam a culpa nele.

O Corinthians não tem sido regular no Brasileirão, já que são três derrotas, duas vitórias e um empate nas últimas seis rodadas da competição. O Timão soma 40 pontos, na quarta posição, contra 47 do líder Palmeiras. O momento não é bom, mas Rodriguinho crê em título pelo fato de ainda faltarem 14 rodadas para o término do Brasileirão.

– Eu ainda acredito no título. Eu acredito. Enquanto tiver possibilidades, temos que brigar. São muitos confrontos ainda.

O Corinthians voltará a atuar pelo Brasileirão na próxima quarta, quando visitará o Corinthians, no Couto Pereira, às 21h45. No sábado, o confronto será contra o rival Palmeiras, na Arena, às 16h.