Bruno Cassucci e Gabriel Carneiro
09/02/2017
18:14
São Paulo (SP)

Aos 28 anos, Rodriguinho vive a melhor fase da carreira com a camisa do Corinthians. Duas semanas depois de ver o clube rejeitar uma oferta da Europa por considerá-lo imprescindível para o planejamento da temporada, o meia decidiu a classificação para a segunda fase da Copa do Brasil ao marcar o gol da vitória por 1 a 0 diante da Caldense, em Minas Gerais. Essa coisa de decidir jogos e ser goleador, porém, não tem sido uma novidade na carreira do jogador.

Dos últimos sete gols marcados pelo Corinthians na Copa do Brasil, quatro foram de Rodriguinho, ou seja, quase 60%. O meia marcou diante do Fluminense (duas vezes nas oitavas de final da competição no ano passado), do Cruzeiro (no jogo de volta das quartas de 2016) e agora contra a Caldense. Sob outro ponto de vista: são quatro gols nos últimos cinco jogos do torneio.

Os bons números se refletem nas estatísticas: ele foi o segundo principal artilheiro do Corinthians na temporada passada, com dez gols marcados em 52 partidas, além de sete assistências. Só Romero, com 15, marcou mais vezes que Rodriguinho em 2016. Já neste ano, o gol diante da Caldense foi o primeiro. Para o camisa 26 do Corinthians, a fase artilheira é motivada por dois "segredos": treinamento e orientações da comissão técnica.

- Eu estou buscando muito isso no dia a dia, trabalhando finalizações, melhorei cabeceio, que é uma deficiência, tudo para preencher mais a área, que é o que se pede aqui. A bola está chegando e eu estou tendo a condição e a qualidade de acertar os lances. Fico muito feliz, espero repetir mais isso e que seja um ano bom como foi em 2016 - reflete Rodriguinho.

O meia soma 83 jogos e 14 gols pelo Corinthians desde que foi contratado, no segundo semestre de 2013. Ele tem contrato até o fim desta temporada e já conversa sobre a renovação.

Rodriguinho
Meia quase saiu para o Fenerbahce (TUR) (Foto: Daniel Augusto Jr)

CONFIRA DECLARAÇÕES DE RODRIGUINHO EM ENTREVISTA COLETIVA NESTA QUINTA-FEIRA:

NEGOCIAÇÃO FRUSTRADA
"Primeiro que isso é uma página virada, futebol é muito dinâmico. Não aconteceu, vira a página e vamos trabalhar. Estou focadíssimo aqui e pude demonstrar no último jogo. Feliz por estar aqui vestindo essa camisa, representando essa nação e ajudando meus companheiros. As conversas de renovação vão acontecer, meu empresário está cuidando de tudo, até que a gente chegue a um acordo".

VALORIZAÇÃO DA RENOVAÇÃO APÓS PROPOSTA
"Olha, vamos sentar primeiro. Meu empresário que vai resolver isso aí. Eu estou absolutamente focado em jogar, manter boas atuações, porque aí as coisas acontecem naturalmente".

SOBRE JADSON
"Estamos esperando por ele. É um jogador de muita qualidade, que tem história no clube, fez um excelente ano aqui, conseguiu títulos, fez gols, assistências. A gente espera isso dele, que ele possa entrar em forma o mais rápido possível para nos ajudar, porque vai ser uma grande ajuda".

NOVO RENATO AUGUSTO AO LADO DO JADSON?
"Primeiro que não vai ser Jadson e Renato Augusto, vai ser Jadson e Rodriguinho se Deus quiser e eu continuar aí mantendo essa posição de titular. Mas lógico que ele buscando entrosamento, com a qualidade que tem e os outros jogadores buscando excelência e alto nível vai ser uma equipe muito forte".