Bruno Cassucci
04/09/2016
12:31
São Paulo (SP)

Recuperado de uma lesão muscular na coxa esquerda, o atacante Rildo voltou a treinar com bola junto dos demais jogadores do Corinthians neste domingo. Porém, o futuro dele no clube segue incerto. Com contrato de empréstimo até o fim do ano e na mira do Botafogo, ele ainda tem chance de deixar o Timão.

A possibilidade de liberação de Rildo foi confirmada pelo gerente de futebol do Corinthians, Alessandro Nunes. Ele explicou que as negociações entre o atacante e a equipe carioca esfriaram, mas que ainda podem ocorrer.

- Teve uma sondagem do Botafogo, mas ele está emprestado, os direitos pertencem à Ponte Preta. Aí é uma conversa com a gente, mas também com eles. Não sei se evoluiu, a princípio parece que não, pela última conversa que tivemos com o Rildo. Como tem até o dia 15, não podemos cravar que ele não sai. Houve o contato, mas trabalhamos com essa data. Se tiver alguma coisa importante para ele, temos de rever - explicou o dirigente.

No Corinthians há um ano, Rildo sofreu com lesões, tendo ficado nove meses seguidos fora dos campos. Nesta temporada, ele fez duas partidas, tendo marcado um dos gols na goleada por 4 a 0 sobre o São Paulo. No geral, ele atuou 15 vezes com a camisa alvinegra.

Mesmo que não seja liberado agora, o futuro de Rildo é incerto no Timão, já que ele tem apenas mais quatro meses de empréstimo.

- É um contrato muito curto e frágil para ambos, termina o empréstimo aqui em dezembro, e o vínculo com a Ponte também. É um período muito pequeno. Se tiver uma possibilidade para ele de dois, três anos de contrato, não dá para segurar aqui porque não vamos propor o mesmo. Temos tratado com muita clareza com o pai e o empresário dele - comentou Alessandro.