Edilson, do Corinthians

Após 45 jogos, camisa 2 do Corinthians pode deixar o clube nos próximos dias (Foto: Agência Corinthians)

LANCE!
12/05/2016
14:53
São Paulo (SP)

Jogador do Grêmio nas temporadas de 2010 e 2011, o lateral-direito Edilson pode acertar o retorno à equipe gaúcha nos próximos dias. Atualmente, o lateral-direito de 29 anos defende o Corinthians, mas é reserva de Fagner e tem disputado poucos jogos - neste ano foram apenas dez, seis como titular. Edilson tem contrato no Timão até 31 de dezembro de 2017, mas negocia a liberação sem custos para defender o Grêmio já nesta edição do Campeonato Brasileiro.

Oficialmente, o Corinthians não confirma nenhuma proposta do Grêmio por Edilson. O clube gaúcho, porém, já manifesta publicamente o interesse e o início das negociações pela contratação do lateral. À Rádio Grenal, por exemplo, o vice-presidente de futebol do Grêmio, Alberto Guerra, afirmou que "ainda não fechamos". O indicativo, porém, é de negociações avançadas pela contratação do lateral.

Revelado no futebol catarinense, Edilson ganhou evidência com a camisa da Ponte Preta, em 2009. Depois disso, ele defendeu o próprio Grêmio, além de Atlético-PR e Botafogo antes de ser contratado pelo Corinthians no ano passado. O experiente lateral foi anunciado pelo Timão em janeiro de 2015 com vínculo até o fim do mesmo ano. As atuações de bom nível quando exigido, porém, fizeram o clube renovar até dezembro de 2017. Edilson tem 45 jogos e um gol pelo Corinthians, marcado justamente nesta temporada, na goleada por 4 a 0 diante do Linense, pelo Paulistão.

Edilson entrou em campo apenas dez vezes em jogos oficiais desta temporada. Ele é o reserva imediato de Fagner, que jogou 20 vezes, marcou dois gols e deu mais cinco assistências, além de ter sido pré-convocado pela Seleção Brasileira para a Copa América. Edilson, por sua vez, soma quatro assistências em seus dez jogos.