Gustavo, do Corinthians

Gustavo custou R$ 4 milhões ao Corinthians e ainda não marcou nenhum gol pelo clube (Foto: Daniel Augusto Jr)

LANCE!
28/09/2016
16:10
São Paulo (SP)

Contratado pelo Corinthians há apenas um mês, o atacante Gustavo não agradou em seus primeiros quatro jogos pelo novo clube. Preocupado, o próprio jogador pediu à comissão técnica para realizar um trabalho específico nas próximas semanas, visando recuperar sua melhor condição física e igualar o nível do restante dos companheiros.

Gustavo conversou pessoalmente com o técnico Fabio Carille e solicitou a carga extra de treinos. O comandante passou o pedido à diretoria e os treinos em dois períodos já terão início nesta semana, já que ele não está inscrito na Copa do Brasil e não entrará em campo diante do Cruzeiro, nesta quarta-feira, na Arena Corinthians.

Além dos profissionais da comissão técnica, como preparadores físicos e auxiliares, o atacante de 22 anos terá à disposição para seus trabalhos complementares a estrutura do Lab R9, de medicina biomecânica, e a academia do CT Joaquim Grava.

Ano passado, o atacante Vagner Love realizou 15 dias de treinos em dois períodos para atingir o mesmo nível físico dos companheiros. O procedimento agora será semelhante, com esperança de que o rendimento em campo ao menos lembre o segundo semestre de Love, que encerrou a passagem pelo Corinthians como campeão brasileiro.

O Timão apostou em André como substituto de Love no início de 2016, mas a aposta deu errado e o jogador negociado com o Sporting (POR). Desde então, os três treinadores do Timão no ano apostaram em diferentes nomes para a função, como Danilo, Luciano, Lucca, Guilherme e Romero, que é o atual titular. Gustavo, que chegou com moral, é banco.

O Corinthians pagou R$ 4 milhões pelo atacante do Criciúma, que assinou contrato até o fim de 2020.