Libertadores - Corinthians x Nacional URU (Foto:Marco Galvão/fotoarena)

A exemplo de 2015, Timão caiu na semi do Paulista e logo foi eliminado na Liberta (foto:Marco Galvão/fotoarena)

LANCE!
05/05/2016
01:46
São Paulo (SP)

Para frustração da Fiel Torcida, já virou rotina para o Corinthians ser eliminado dentro de casa. Desde a inauguração da Arena, no dia 18 de março de 2014, o Timão participou de 11 confrontos eliminatórios. Foram seis triunfos e cinco eliminações, todas elas antes da final.

Na Copa do Brasil de 2014, o Timão passou por Bahia de Feira e Nacional-AM com placares elásticos nos jogos de ida, fora de casa, e não precisou da segunda partida para avançar para a segunda e terceira fases, respectivamente. Já na terceira fase, venceu o Bahia por 3 a 0 diante da torcida alvinegra, e apesar da derrota por 1 a 0 em Salvador, avançou às oitavas. 

O adversário foi o Bragantino. O Timão perdeu o jogo de ida, em Cuiabá, pelo placar mínimo, mas foi capaz de reverter a desvantagem (3 a 1) e avançar diante da Fiel. Na sequência, venceu o Atlético-MG por 2 a 0 na Arena - terceiro triunfo em mata-matas, mas caiu por 4 a 1 no Mineirão e acabou eliminado. 

A primeira eliminação em casa foi na semi do Paulistão 2015. O time já havia passado pela Ponte Preta nas quartas com triunfo por 1 a 0. Na semi, empatou em 2 a 2 com o Palmeiras no tempo regulamentar e caiu nos pênaltis.

Já na Libertadores do ano passado, a formação alvinegra começou forte. Goleou o Once Caldas (COL) por 4 a 0 na fase preliminar, arrancou empate em 1 a 1 na Colômbia e conquistou a vaga na fase de grupos. Apesar da boa campanha, o clube sofreu nova queda em casa: caiu nas oitavas para o Guarani (PAR), após derrota por 2 a 0 em Assunção e por 1 a 0 em Itaquera. 

O Corinthians sofreu a terceira eliminação ainda em 2015, para o Santos, na quarta fase da Copa do Brasil. Enquanto desempenhava a campanha do hexa brasileiro, a formação de Tite perdeu para o Peixe por 2 a 1 na Vila Belmiro, sofreu nova derrota por 2 a 0 na Arena e foi eliminada. 

A exemplo da última temporada, a eliminação na semifinal do Paulistão precedeu a queda nas oitavas de final da Libertadores. Em 2016, o Timão passou pelo Red Bull com goleada, mas caiu para o Audax nos pênaltis após novo empate no tempo normal. Agora, está fora do torneio continental.

Resta saber se Tite conseguirá repetir o desempenho do ano passado, reformular a equipe e repetir a campanha exemplar no Nacional.