Bruno Cassucci
14/02/2017
18:51
São Paulo (SP)

O Corinthians lida com desconfiança e até algumas críticas neste início de temporada. Lanterna do grupo A do Paulistão com uma vitória e uma derrota, o clube é apontado por muitos torcedores rivais e por parte da imprensa como a quarta força do estado de São Paulo para 2017. O rótulo não agrada ao elenco alvinegro, mas os jogadores preferem falar pouco sobre o assunto e prometem dar a resposta não nos microfones, mas sim com a bola nos pés.

- Incomodados com isso, não, mas tem que falar no campo. Muita gente fala fora que tem melhor time, treinador e essas coisas, mas tem que mostrar no campo. Vamos brigar para ganhar o Paulistão. Temos que tratar de fazer sempre nosso melhor a cada dia. Vamos melhorando para enfrentar esses rivais que dizem que tem time melhor - disse o atacante Romero, que será titular na vaga de Marquinhos Gabriel diante do Novorizontino.

Um dos jogadores que está há mais tempo no clube, o lateral-direito Fagner também minimiza as críticas e lembra que o Corinthians surpreendeu a muitos no passado recente:

- Vou ser sincero: cada um tem sua opinião e pode falar o que bem entende. A gente sabe da força da camisa do Corinthians. Para o jogador vir para cá a gente sabe a competência que tem que ter. Em 2015, quando alguns jogadores saíram, falavam que o Corinthians iria brigar para não cair, e terminamos da forma que terminamos (com o título brasileiro). Então eu prefiro deixá-los com a opinião deles, e vamos buscar responder da melhor maneira dentro de campo - opinou.

Depois de tropeçar para o Santo André, na última rodada, o Timão volta a campo nesta quarta-feira, contra o Novorizontino. O primeiro clássico no Campeonato Paulista será diante do Palmeiras, na próxima quarta (22), na Arena.