Luciano, do Corinthians

Luciano jogou 56 minutos em duas partidas nesta temporada (Foto: Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians)

Gabriel Carneiro
06/03/2016
07:45
São Paulo (SP)

Luciano atuou em alguns minutos de apenas duas partidas nos últimos seis meses, mas foi convocado nesta semana para os próximos amistosos da Seleção Brasileira olímpica, no fim do mês. Luciano ainda não começou jogando nenhuma vez depois de se recuperar de uma lesão séria no joelho direito, mas foi escolhido por Tite para começar jogando o clássico deste domingo, às 16h, contra o Santos. A confiança das comissões técnicas se deve ao bom trabalho do garoto de 22 anos antes de precisar se afastar. E também à seriedade no tratamento da lesão sofrida em 19 de agosto de 2015. Sabe onde? Na Vila Belmiro, palco do duelo deste fim de semana...

– Depende da cabeça de cada um lidar com esse retorno (ao estádio em que se lesionou). Mas do Luciano não acredito. Ele vai para dentro, quer jogo. Do jeito que ele é, meio molecão, não vejo ele se ater a esse tipo de coisa. Ele sabe que aconteceu porque a gente corre o risco – explica Tite, técnico responsável por dar sequência ao atacante em 2015 e colher bons frutos.

Justamente depois de servir à Seleção no bronze do Pan-americano de 2015 e ser artilheiro com cinco gols, Luciano voltou ao Timão para tentar mostrar a Tite seu valor. O técnico acreditou, o escalou como titular em cinco jogos seguidos e foi “premiado” com cinco gols. A boa fase que não parecia ter fim foi interrompida bruscamente no jogo de ida das oitavas de final da Copa do Brasil. Aos 35 minutos do primeiro tempo, ele arrancou pela direita, foi desarmado e caiu no gramado da Vila Belmiro com fortes dores no joelho. Luciano ainda tentou ficar em campo mais algum tempo, mas a lesão era séria e comprometeu não só o jogo decisivo, com sua sequência na equipe.

Foram seis meses fora – sem entrevistas e sem badalação –, e ele volta a ser titular do Corinthians na vaga do poupado André, de quem agora ele será a sombra.

'Emergencial' em 2014 quer melhorar marca em clássicos

Luciano operou o joelho no fim de agosto (Foto: Daniel Augusto Jr)
Luciano operou o joelho no fim de agosto (Foto: Daniel Augusto Jr)

Luciano foi anunciado como reforço do Corinthians 15 dias depois de a equipe, então dirigida por Mano Menezes, perder por 5 a 1 para o Santos. Junto com o atacante do Avaí vieram uma série de mudanças para tentar espantar a crise pós-saída de Tite. Desde a chegada ao Timão, o jogador disputou dez clássicos e saiu derrotado em apenas três, com mais quatro vitórias e três igualdades.

Luciano marcou apenas um gol em jogos com alta rivalidade com a camisa do Corinthians até o momento. Em agosto de 2015, o camisa 18 balançou as redes do Morumbi no empate em 1 a 1 com o São Paulo, pela edição do Brasileirão vencida pelo clube.

Ter marcado apenas um gol em clássicos pode ser explicado por outro número: Luciano foi mais reserva do que titular nesse tipo de jogo. Nos dez eventos, saiu jogando em apenas quatro, e nos outros seis esperou do banco de reservas pela sua chance.

Contra o Santos, os números são ainda menos favoráveis: duas derrotas e uma vitória em três jogos, sendo que os dois resultados negativos foram exatamente na Vila Belmiro, palco do jogo de hoje. Luciano só foi titular no último, quando sofreu contusão.