Gabriel Carneiro
02/03/2016
17:36
São Paulo (SP)

Rodrigo de Azevedo Lopes, conhecido como Diguinho, presidente da torcida organizada do Corinthians Gaviões da Fiel, e Cristiano de Morais Souza, chamado de Cris, primeiro-secretário da uniformizada, foram espancados na tarde desta quarta-feira, em um supermercado no bairro da Barra Funda, em São Paulo.

A suspeita é de que eles tenham sido alvos de uma emboscada, já que foram agredidos assim que entravam no local, sem conflito prévio.

Segundo relatos de pessoas que estavam no supermercado, a dupla foi abordada por três pessoas que estavam em um carro e prontamente desceram e iniciaram o espancamento. Os agressores utilizavam pedaços de madeira e barras de ferro.

Quem presenciou o linchamento não conseguiu identificar se os vândalos estavam utilizando vestimentas de outra torcida.

Minutos antes de serem violentados, os corintianos estavam em uma reunião no Fórum Criminal da Barra Funda entre torcidas organizadas. O encontro foi convocado pelo promotor Paulo Castilho, do Ministério Público do Estado de São Paulo =.

Até o momento não foi registrada ocorrência na Polícia Civil e na Polícia Militar. A dupla foi encaminhada para um hospital próximo do local das agressões, mas a Gaviões ainda não divulgou comunicado oficial sobre o assunto.