Gabriel Carneiro
09/10/2017
07:40
São Paulo (SP)

O Corinthians convive nos bastidores com o temor de perder Guilherme Arana, um de seus principais jogadores nesta temporada, para 2018. Enquanto ouve sondagens e especulações cada vez mais constantes, o clube já prepara ações para o caso de perder o seu titular da lateral esquerda. Uma dessas ações é a integração de Guilherme Romão, jogador de 20 anos que atualmente defende o Oeste por empréstimo na Série B do Campeonato Brasileiro. 

Romão foi emprestado ao time hoje sediado em Barueri pouco após conquistar o título da Copa São Paulo de Juniores como titular do Timão sob o comando de Osmar Loss, que hoje é auxiliar do time principal. O lateral-esquerdo foi um dos jogadores mais bem avaliados no torneio de base, mas Fábio Carille considerou a posição preenchida com as presenças de Arana, Moisés e Marciel e não promoveu a promessa - Mantuan, Pedrinho e Carlinhos foram os únicos participantes da conquista que subiram.

Para 2018 o cenário é diferente. Arana é assediado pelo mercado de alvo de clubes como Sevilla e Atlético de Madrid (ESP), além de CSKA (RUS) e Bordeaux (FRA), o que torna sua permanência difícil. Já Moisés não aproveitou as chances recebidas neste ano e tem a permanência incerta. Por fim, Marciel é uma garantia de quem substituiu bem ao titular em 2017 e pode ser efetivado na posição. Guilherme Romão, neste caso, seria o suplente preparado para titularidade futura. 

O empréstimo ao Oeste foi uma forma de o Corinthians observar Romão em ação no futebol profissional. Carille já conhece e gosta do lateral-esquerdo, mas acha que ele precisa evoluir na parte defensiva - no ataque a avaliação é positiva, tanto é que o jogador atuava como meia antes de chegar ao Timão e também foi improvisado algumas vezes neste setor durante a Copinha.

Pelo time de Barueri, Guilherme Romão participou de 18 partidas da Série B. Após 28 jogos, o Oeste é quinto colocado na tabela e briga pelo acesso. Confira algumas estatísticas, de acordo com dados da plataforma Footstats:

- 10 cruzamentos certos (média de 0,6 por jogo)
- 39 cruzamentos errados (média de 2,2 por jogo)
- 6 passes para finalização (média de 0,3 por jogo)
- 29 desarmes feitos (média de 1,6 por jogo)
- 8 dribles certos (média de 0,4 por jogo)
- 27 faltas cometidas (média de 1,5 por jogo)
- 21 faltas sofridas (média de 1,2 por jogo)
- 6 finalizações (média de 0,3 por jogo)
- 5 interceptações certas (média de 0,3 por jogo)
- 442 passes certos (média de 24,6 por jogo, ou 83,1%)
- 90 passes errados (média de 5 por jogo, ou 16,9%)
​- 49 perdas de bola (média de 2,7 por jogo)