Gabriel Carneiro e Guilherme Amaro
15/02/2017
21:47
São Paulo (SP)

Autor do gol da vitória, zagueiro Pablo foi o melhor do Corinthians na vitória sobre o Novorizontino, na Arena. Assistente, lateral-direito Fagner também se destacou no triunfo do Timão. Confira as atuações da partida:

CORINTHIANS

6,0
Cássio

Uma defesa difícil em cobrança de falta do Novorizontino e, no mais, trabalho somente para desacelerar o jogo e ganhar tempo. Foi bem.

7,0
Fagner

Cruzamento perfeito no lance do gol de Pablo e um nível de atuação que ainda não tinha tido no ano. Movimentou-se e ocupou bem os espaços.

6,5
Balbuena

Pode não ter brilhado no ataque como o companheiro, mas fez suas funções com qualidade. Preciso nas saídas e eficiente na marcação.

7,5
Pablo

Qualidade na bola aérea já havia sido demonstrada, mas desta vez fez a diferença. Na defesa, poucos passes errados e seriedade nas rebatidas.

5,0
Moisés

Não compromete na defesa, mas pouco contribui ofensivamente. Alto número de perdas de posse e especialmente de cruzamentos errados.

6,5
Gabriel

Esforçado e ágil, fez dois bons desarmes e foi eficiente em sua função defensiva. Na saída de bola, cinco passes errados e uma perda de posse.

6,5
Romero

Busca profundidade, dá velocidade e sufoca a marcação adversária. Fez mais do que os “titulares” da posição ontem.

6,0
Fellipe Bastos

Mais recuado, teve muito a bola no pé e desempenhou melhor do que nos últimos jogos. Quase marcou um golaço já no segundo tempo.

5,5
Rodriguinho

Foi opção interessante nos contra-ataques, mas não viveu sua melhor noite. Errou quase um terço dos passes e não concluiu bem as chances.

6,0
Marlone

Número de passes errados elevado se levadas em consideração suas características. Apesar disso, deu intensidade ao time e tentou dribles.

5,5

Deu movimentação, abriu espaços, buscou tabelas, mas não mostrou eficiência nas ações. Só finalizou uma vez o jogo inteiro. Podia mais.

6,0
Léo Jabá

Tentou jogadas de habilidade e buscou a linha de fundo. Conseguiu uma boa chance ao sofrer falta perto da área. Entrou bem ligado na partida.

5,5
Kazim

Jogo físico é digno de elogios. Briga por toda bola, corre e compete. Na técnica, não conseguiu fazer a diferença, mas mostrou voluntariedade.

5,5
Camacho

Deu dinâmica, fez boas tabelas com Léo Jabá e Romero, mas pouco fez a diferença para aumentar a vitória. Podia ter feito mais com mais tempo.

6,0
Fabio Carille

Encontrou boa alternativa com a variação de posicionamento de Fellipe Bastos, que deu mais mobilidade ao time. Alterações não foram boas.

NOVORIZONTINO 

6,0
Tom

Não teve culpa no gol e fez duas boas defesas.

5,0
Cléo Silva

Teve de fazer faltas para parar os adversários. Sofreu na marcação.

5,0
Domingues

Atrapalhou-se quando saiu para fazer a cobertura.

5,0
Guilherme Teixeira

Ficou perdido na marcação em alguns lances.

5,5
João Lucas

Foi quem menos sofreu atrás. Conseguiu desarmes.

5,5
Doriva

Não conseguiu parar as triangulações corintianas.

6,0
Éder

Se esforçou na marcação e foi à frente, mas não teve muito sucesso.

6,0
Fernando Gabriel

Buscou o jogo, mas não conseguiu levar perigo.

6,0
Roberto

Tentou organizar o time e foi parado com faltas.

5,5
Everaldo

Pouco sucesso nas jogadas individuais que tentou. Atrapalhou-se.

5,0
Alexandro

Recebeu poucas bolas e não acompanhou Pablo, que marcou.

6,0
Henrique Santos

Deu um novo gás ao time e foi participativo.

5,5
Henrique Roberto

Pouco acrescentou nos 30 minutos que jogou.

6,0
Caíque

Ajudou na criação das jogadas, mas foi outro que não decidiu.

6,0
Júnior Rocha

Deixou o time mais ofensivo na etapa final e quase empatou.