Bruno Cassucci
29/10/2016
20:07
São Paulo (SP)

O técnico Oswaldo de Oliveira admitiu que o Corinthians deixou muito a desejar na partida contra a Chapecoense, neste sábado, na Arena. O comandante alvinegro apontou alguns motivos para o empate em 1 a 1, que tirou a equipe do G6, e disse ainda acreditar em uma reação.

Para Oswaldo, componentes emocionais influenciaram no desempenho do Timão, assim como a ausência de Guilherme, suspenso:

- Não foi um bom jogo, especialmente o primeiro tempo, fraco tecnicamente, muito aquém do que esperávamos que acontecesse. É uma oscilação bastante significativa, com uma série de situações que levam a isso. Jogamos jogos muito tensos contra Cruzeiro e Flamengo, de extremo estresse. Depois de passar por essa tensão emocional, nossa equipe deu uma relaxada e não conseguiu readquirir o ritmo que vinha tendo naquelas partidas. Isso comprometeu bastante o que nós esperávamos. Uma mudança significativa que a gente não conseguiu reparar foi a forma que a equipe vinha jogando com o Guilherme, hoje houve uma mudança fundamental nesse aspecto - comentou.


O próximo compromisso da equipe é contra o São Paulo, sábado, no Morumbi. Para Oswaldo, é preciso oscilar menos e somar mais pontos:

- São situações que vamos ver muito nas próximas rodadas, essa alternância de posições vai acontecer pela proximidade dos times, mas é lógico que hoje (sábado) tínhamos boa oportunidade de ficar no G6. Mas vamos buscar. Empatamos, como o Fluminense empatou ontem (sexta-feira). Vamos tentar diminuir as alternâncias - analisou.

O elenco alvinegro ganha folga neste domingo e volta a trabalhar no CT Joaquim Grava na tarde de segunda-feira.