LANCE!
17/10/2016
06:15
São Paulo (SP)

Aquela velha máxima do futebol reaparece no Corinthians. Em time que está ganhando não se mexe. Esse é o pensamento do técnico Oswaldo de Oliveira neste início de trabalho do Corinthians. O novo comandante alvinegro pretende dar continuidade ao que vinha sendo feito pelo interino Fabio Carille e fazer apenas pequenos ajustes.

Uma das coisas que Oswaldo pretende dar prosseguimento é o rodízio de capitães da equipe, realizado desde os tempos de Tite e mantido por Cristóvão Borges e Carille.

- Vou dar continuidade no rodízio de capitães, é uma coisa interessante, legal, já fiz algumas vezes em outros clubes, estimula todo mundo, e aqueles que têm característica de líder mais constante e intensa aparecem - destacou após a vitória por 2 a 0 sobre o América-MG na reestreia, quando deu a braçadeira ao lateral-direito Fagner.


Oswaldo também não deve mexer na escalação do Corinthians para o duelo contra o Cruzeiro, quarta-feira, no Mineirão. O Timão venceu o duelo de ida por 2 a 1, na Arena, e se classifica para a semifinal da competição com um empate.

Mesmo tendo o retorno de Marquinhos Gabriel, que cumpriu suspensão diante do Coelho, Oswaldo não deve sacar Romero, autor de um dos gols no domingo.

- Agora é uma situação completamente diferente, teremos intervalo curto de recuperação, viagem, um adversário que precisa reverter marcador adverso... Ingredientes difíceis para essa partida. Vamos procurar dar atenção à recuperação dos jogadores até lá para voltarmos classificados - analisou Oswaldo.