São Paulo x Corinthians

Oswaldo de Oliveira no Morumbi durante a derrota do Timão  (Foto: Mauro Horita/AGIF/Lancepress!)

LANCE!
05/11/2016
23:00
São Paulo (SP)

O técnico Oswaldo de Oliveira se irritou durante a coletiva de imprensa após a goleada sofrida para o São Paulo neste sábado, no Morumbi. O treinador chegou a subir o tom de voz em algumas respostas, mas admitiu a instabilidade do Corinthians.

- É lógico que temos erros para corrigir. Essa equipe que começou o jogo, tirando o goleiro (Cássio em vez de Walter), foi a mesma que começou contra o Flamengo e fez uma partida muito boa. Hoje (sábado) não conseguiu. Claro que a equipe do Corinthians teve muitas modificações com saídas de jogadores, e isso gera desequilíbrio. Quando tem circunstâncias como aconteceu, de levar gol de pênalti, tira a estabilidade do time. Fizemos um primeiro tempo razoável, poderíamos ter empatado no fim e voltado com mais confiança, mas infelizmente não conseguimos - afirmou Oswaldo de Oliveira, antes de fazer uma ressalva em relação à instabilidade:

- Essa instabilidade não é só do Corinthians, tem em equipes grandes também. Isso é uma coisa que tem acontecido bastante no campeonato - analisou.


O treinador voltou a falar que o elenco precisa ser reforçado para a próxima temporada. Ele ainda culpou a arbitragem pela goleada deste sábado e lembrou do erro contra o Corinthians no empate com o Flamengo, quando Guerrero marcou em posição de impedimento.

- O técnico é parte de uma estrutura. Estou há 20 dias no Corinthians procurando fazer o melhor que posso. O elenco foi muito desequilibrado. Fizemos com esse mesmo time uma grande partida contra o Flamengo, quando era para nós termos vencido a partida. Um erro da arbitragem nos tirou a vitória lá, e hoje também a arbitragem nos fez sair derrotados. Se estivesse mais equilibrado, teria outro resultado. Não pode colocar o peso nas minhas costas de uma coisa que vem acontecendo há bastante tempo. Várias equipes estão desequilibradas no Brasileiro - disse Oswaldo.

Com a derrota, o Corinthians permanece com 50 pontos e na sétima colocação do Campeonato Brasileiro. O Timão ainda pode ser ultrapassado por Fluminense e Grêmio, que jogam neste domingo e segunda-feira, respectivamente.