Bruno Cassucci e Gabriel Carneiro
25/11/2016
20:10
São Paulo (SP)

O Corinthians não conseguiu cumprir a promessa de pagar os salários do elenco e outros funcionários ainda nesta semana. Ainda negociando a obtenção de um empréstimo milionário com um banco privado, a diretoria do Timão espera fazer o acerto no início da próxima semana.

O pagamento é referente ao mês de outubro e deveria ter sido efetuado no último dia 7. Entretanto, a falta de pagamento de alguns parceiros do clube acarretaram o problema.

Nesta sexta-feira, em entrevista coletiva, o técnico Oswaldo de Oliveira comentou o fato e disse que o atraso não influencia no ambiente do grupo.

– Eu já passei algumas vezes, sem problema nenhum. O mais importante é a manutenção do ambiente, os jogadores não passam nada de sensação sobre isso, trabalharam com o empenho de sempre. Isso nos dá uma perspectiva importante para o jogo de amanhã (sábado) – falou.

Questionado se o salário dele também estava atrasado, Oswaldo disse:

- Sim, tudo está atrasado.