Gabriel Carneiro
20/07/2016
06:30
São Paulo (SP)

O Corinthians gastou quase R$ 50 milhões em reforços neste ano e não está disposto a fazer outros grandes investimentos. Por isso, o clube viu a janela de transferências internacionais ser fechada nesta terça-feira sem pressa ou frustrações, com fé de que o elenco atual – recheado por algumas peças pontuais – será capaz de suportar o Brasileiro e a Copa do Brasil e brigar por título nos dois torneios.

A diretoria recebeu indicações de empresários, da comissão técnica e do Cifut (Centro de Inteligência de Futebol do Corinthians), monitorou e sondou alguns jogadores, especialmente do mercado sul-americano, mas decidiu não realizar nenhuma cartada em razão dos altos valores envolvidos. Além de prezar pela saúde dos cofres, o clube acredita nos 32 jogadores atualmente à disposição de Cristóvão Borges, já incluindo Alexandre Pato, que reestreia no sábado.

– Não vejo nenhum time muito acima do Corinthians. Há bons times, mas entendo que o Corinthians também é um bom time – disse, ao LANCE!, o presidente Roberto de Andrade, que ainda cobrou a necessidade de terminar ao menos no quarto lugar do Brasileirão, com vaga na Libertadores.

Apesar das cobranças intensas da torcida, que ainda cita a contratação de reforços internacionais por adversários diretos do Timão (Palmeiras, Grêmio, Santos, Flamengo, Cruzeiro, Atlético-PR, entre outros), o clube decidiu não depositar fichas. O foco agora é o mercado interno e mesmo assim as dificuldades se acumulam: hoje, todas as negociações abertas estão paradas, como as do lateral-direito Eduardo e do atacante Gustavo.

O Corinthians busca um lateral-direito para ser reserva de Fagner, um zagueiro para suprir a saída de Felipe e um centroavante para disputar posição. Nenhum dos nomes deverá ser muito badalado graças à fé no atual elenco. Será suficiente?

ELENCO 2016 DO CORINTHIANS:
Goleiros: Cássio, Walter, Matheus Vidotto e Caique França
Laterais-direitos: Fagner e Léo Príncipe
Laterais-esquerdos: Uendel e Guilherme Arana
Zagueiros: Balbuena, Yago, Vilson, Pedro Henrique e Léo Santos
Volantes: Bruno Henrique, Cristian e Willians
Segundos volantes: Elias, Rodriguinho e Camacho
Armadores: Giovanni Augusto, Guilherme e Danilo
Pontas direitas: Romero, Marlone e Lucca
Pontas esquerdas: Marquinhos Gabriel, Rildo e Bruno Paulo
Centroavantes: André, Luciano, Alexandre Pato e Isaac