Gabriel Carneiro
31/10/2016
19:45
São Paulo (SP)

Em busca de reforços mais experientes e acostumados a grandes clubes e jogos decisivos, o Corinthians decidiu um novo alvo para 2017: o meia Wagner, ex-Cruzeiro e Fluminense, hoje com 31 anos. Membros da diretoria do Timão já conversaram diretamente com o jogador em mais de uma oportunidade e as negociações estão avançadas no momento. O jogador, que não tem um empresário fixo, foi sondado por outros clubes brasileiros e deve aguardar até o fim do Brasileirão para decidir seu destino a partir de 2017, mas o clube paulista é favorito.

A boa notícia para os clubes interessados, principalmente o Corinthians, é que Wagner está prestes a rescindir seu contrato com o Tianjin Teda, clube da China que defende desde 2015, e assim deixar o caminho livre para os interessados. A tendência é que o jogador obtenha a rescisão seis meses antes do fim do contrato na China, já que não vinha sendo utilizado com frequência e a equipe decidiu apostar em outro estrangeiro para preencher a cota de três jogadores de outras nacionalidades no torneio nacional local em 2017.

Wagner está na China desde julho de 2015, quando foi vendido pelo Fluminense com participação dos empresários Ricardo Mello, Pedro Pereira e Rafael Scheidt (o ex-zagueiro, com passagem pelo próprio Timão). Sem espaço, ele foi liberado para passar férias no Brasil e aguarda a definição de seu futuro. Com apoio de um advogado, ele pleiteou e recebeu indicação positiva nesta segunda-feira sobre a rescisão contratual do vínculo que duraria até julho de 2017 sem multa.


Por esse motivo, o meia conversou ao menos duas vezes com pessoas do Timão nos últimos dias e gostou dos valores e condições apresentados. Wagner foi revelado no América-MG, defendeu Cruzeiro, Al Ittihad (ARS), Lokomotiv de Moscou (RUS), Gaziantepspor (TUR), Fluminense e Tianjin (CHN) e deseja voltar ao futebol brasileiro na próxima temporada.

JÔ ASSINA. SÓ QUE NÃO? - Também de saída da China, o atacante Jô esteve no CT Joaquim Grava nesta segunda-feira para acertar os detalhes finais de seu contrato de três anos com o Corinthians. Segundo o estafe do jogador de 29 anos, ele finalizou o acordo e assinou contrato. O Corinthians, porém, disse que ainda não houve assinatura por meio de sua assessoria de imprensa. A diretoria não se posicionou sobre o assunto.