Santa fe x Corinthians

Jogadores do Corinthians comemorando o gol de empate na Colômbia (Foto: GUILLERMO MUNOZ/AFP)

Gabriel Carneiro
07/04/2016
01:10
Enviado especial a Bogotá (COL)

A reação do Corinthians no segundo tempo da partida contra o Santa Fe (COL) e o fato de ter buscado o empate jogando em Bogotá, na Colômbia, animaram o técnico Tite. Mesmo sem a vitória, o comandante alvinegro demonstrou satisfação com a equipe, que se classificará para as oitavas de final da Copa Libertadores com um empate com o Cobresal (CHI), na última rodada.

Após a partida, ele apontou os motivos pelos quais o Timão melhorou depois de uma atuação muito ruim no primeiro tempo.

- Dois aspectos foram fundamentais para que a gente pudesse crescer: manter do lado esquerdo um jogador bem aberto (Lucca) e dar profundidade pela direita. Isso geraria, no setor de meio de campo, espaços maiores para articular. Tanto que fizemos o gol por ação central - analisou.

- Depois de tomar o gol começamos a jogar nosso futebol, e por isso conseguimos o empate. Se ficar só olhando o Santa Fe podia ter tomado mais gols. Por isso destaco a maturidade da nossa equipe em colocar a bola no chão e buscar o resultado - completou.


O treinador também fez elogios ao volante Elias, autor do gol de empate. O camisa 7 voltou a atuar depois de quase 50 dias no último domingo, em clássico contra o Palmeiras. Ele havia se machucado justamente na estreia do Timão na competição continental.

- Primeiro é reconhecimento ao Elias, que mesmo sentindo (dores) jogou contra o Cobresal porque tínhamos necessidade. O destino o premiou nesse retorno, coroou o trabalho da equipe com bom jogo e gol - destacou.