Marciel

Marciel defendeu o Timão em seis partidas profissionais e marcou um gol, no ano passado (Foto: Daniel Augusto Jr)

Gabriel Carneiro
15/09/2016
17:52
São Paulo (SP)

Bancado como treinador do Corinthians mesmo após a equipe deixar o G4 do Campeonato Brasileiro, Cristóvão Borges terá uma nova opção à disposição para a sequência deste torneio: devolvido de empréstimo pelo Cruzeiro a pedido do Timão, o volante Marciel se apresentou ao CT Joaquim Grava na tarde desta quinta-feira e já iniciou a rotina de treinos para voltar a jogar pela equipe. A integração do jogador de 21 anos ao elenco só foi possível porque a diretoria do Corinthians acertou uma pendência burocrática para a Raposa enfim rescindir o contrato de Marciel e permitir sua regularização a tempo.

O Cruzeiro não liberou a documentação de Marciel enquanto o Corinthians não acertasse um débito de cerca de R$ 1 milhão em razão da compra de 10% dos direitos econômicos do atacante Lucca, em março. Apesar de já ter firmado o novo vínculo com o atacante que hoje é titular, o Timão ainda não havia acertado este pagamento. De acordo com Eduardo Ferreira, diretor adjunto de futebol do Corinthians, a pendência está resolvida e o contrato de Marciel com o clube paulista será reativado na sexta-feira.

- O Cruzeiro tinha soltado uma nota sobre a liberação do atleta (Marciel) e estranhamente não estava certo ainda. Mas o Corinthians solicitou o atleta e o Cruzeiro gentilmente liberou, com vontade do atleta. Essa parte financeira está sendo resolvida agora à tarde e acredito que amanhã já estará no BID, tudo tranquilinho - relatou o dirigente.

Enquanto a diretoria acerta os detalhes pela integração de Marciel, o próprio jogador já iniciou a rotina de atividades para ficar à disposição o mais rápido possível. Ele foi emprestado ao Cruzeiro em troca por Willians, mas disputou apenas cinco partidas pelo clube mineiro, e foi liberado sem problemas. Nesta quinta-feira, ele participou de um trabalho técnico em espaço reduzido comandado por Cristóvão. Apenas reservas estiveram nesse trabalho, além de alguns garotos das categorias de base em processo de integração.

Os titulares, junto com Guilherme Arana, que atuou por 85 minutos no empate em 1 a 1 com o Coritiba, realizaram um trabalho na academia do CT e logo depois iniciaram concentração para o jogo de sábado, 16h, contra o Palmeiras. Seis jogadores realizaram trabalhos no departamento médico: Pedro Henrique, Uendel, Guilherme, Giovanni Augusto, Bruno Paulo e Rildo.