Rodrigo Vessoni
03/06/2016
09:00
São Paulo (SP)

A valiosa média de cerca de 33 mil torcedores em jogos na Arena Corinthians deve sofrer uma redução neste sábado, quando o Timão recebe o Coritiba pela sexta rodada do Campeonato Brasileiro, às 20h30. Segundo o clube, a expectativa é de cerca de 25 mil pagantes, o que aproximaria do pior público desta temporada, que são 22.029 pessoas na vitória por 2 a 1 diante da Ponte Preta, pelo Paulistão. A explicação para o estádio não estar lotado é simples: a maratona de jogos em Itaquera tem sido muito expressiva em 2016.

Dos últimos 12 jogos realizados pelo Timão na temporada, incluindo Campeonato Paulista, Copa Libertadores e agora o Brasileirão, nove terão sido realizados na Arena Corinthians: Novorizontino, Red Bull, Cobresal, Osasco Audax, Nacional (URU), Grêmio, Ponte Preta, Santos e Coritiba, e apenas três fora de casa, na condição de visitante: Nacional (URU), Vitória e Sport.

Segundo o entendimento da administração da Arena e do Corinthians, a maratona de jogos em casa é muito intensa para que as médias tradicionais de público sejam mantidas na partida contra o Coritiba, que será realizada em horário pouco usual. Depois do Coxa, o Timão visita o Palmeiras no Allianz Parque, o Fluminense em local ainda indefinido e só volta a jogar em Itaquera no dia 19 de junho, um domingo, às 16h, contra o Botafogo.

Apesar da expectativa de público abaixo da média, o Corinthians entra em campo diante do Coritiba para defender sua maior invencibilidade na história do estádio, de 26 partidas, desde agosto do ano passado. Neste ano a marca de jogos sem derrota já chega a 17, com 14 vitórias e três empates.