Treino do Corinthians

Uendel e Fagner seguem como titulares das laterais do Corinthians (Foto: Daniel Augusto Jr./Agencia Corinthians)

Gabriel Carneiro
08/07/2016
12:49
São Paulo (SP)

Depois de oito gols marcados e apenas um sofrido em três jogos que o Corinthians venceu consecutivamente no Campeonato Brasileiro, Cristóvão Borges decidiu manter a escalação pela quarta vez seguida para enfrentar a Chapecoense neste sábado, às 16h30. O técnico abriu os portões do CT Joaquim Grava para apenas dez minutos do treinamento desta sexta-feira, mas disse em entrevista coletiva que a tendência é realmente manter a equipe.

Cássio; Fagner, Pedro Henrique, Balbuena e Uendel; Bruno Henrique e Rodriguinho; Romero, Giovanni Augusto e Marquinhos Gabriel; Luciano será a escalação do Corinthians pela quarta vez seguida. Haverá novidades, porém, no banco de reservas: recuperados de lesão, Yago, Willians e Danilo voltam a ser opções e ficarão no banco de reservas contra a Chape. Em relação a quem ficou no banco contra o Flamengo, no fim de semana, perderam espaço o goleiro Caique, o lateral-direito Léo Príncipe e o atacante Isaac.

O Corinthians terá um desfalque de última hora para enfrentar a Chapecoense, que é o zagueiro Vilson. O jogador teve 50% de seus direitos econômicos comprados pelo Timão por R$ 500 mil nesta semana, mas o novo contrato, com validade até o fim de 2018, ainda não foi registrado no Boletim Diário (BID) da CBF. Além da questão contratual, o jogador ainda sentiu dores no tornozelo direito durante o treino desta quinta-feira e está em tratamento na academia do CT Joaquim Grava. No lugar dele, Léo Santos foi relacionado.

Além de Vilson, Cristóvão Borges não conta com Elias, Cristian, Camacho, Bruno Paulo e Alexandre Pato para a partida deste fim de semana, quando tentará embalar a quarta vitória consecutiva em cinco jogos pelo Timão. Feliz, ele celebra a possibilidade de ter mais jogadores à disposição no elenco.

- Isso é importante, porque a primeira dificuldade que tínhamos é que a equipe se defende muito bem, mas precisa equilibrar, ter o mesmo peso de ataque. Estamos buscando maneiras e conseguimos em alguns momentos dos jogos anteriores, com algumas oscilações, que são normais. Já conseguimos dar equilíbrio, e nos dois últimos jogos fizemos seis gols e não tomamos nenhum, então está caminhando bem - relatou.

VEJA A LISTA DE RELACIONADOS DO TIMÃO CONTRA A CHAPECOENSE:
Goleiros: Cássio e Walter
Laterais: Fagner, Uendel e Guilherme Arana
Zagueiros: Balbuena, Pedro Henrique, Yago e Léo Santos
Volantes: Bruno Henrique, Rodriguinho, Maycon e Willians
Meias: Giovanni Augusto, Marquinhos Gabriel, Guilherme Marlone e Danilo
Atacantes: Luciano, Romero, Rildo e Lucca