Gabriel Carneiro
11/01/2017
13:23
São Paulo (SP)

O Corinthians está bem próximo de sacramentar a contratação do zagueiro Pablo, de 25 anos. Nas últimas horas, a negociação teve avanços importantes, como a conclusão do acerto salarial entre clube e jogador e a sinalização da liberação do Bordeaux (FRA) por um ano. O defensor brasileiro aguarda apenas a resolução de burocracias para embarcar ao Brasil, realizar exames médicos e assinar contrato com o Timão por uma temporada.

Pablo é um jogador monitorado pelo Corinthians há pelo menos três anos, quando se destacou com a camisa do Avaí. O Timão, porém, nunca fez uma investida, e viu o jogador se transferir para a Ponte Preta e em seguida para o Bordeaux, por 6 milhões de euros (na época, R$ 24 milhões). Agora, em busca de jogadores de defesa, o Corinthians recebeu informação de que Pablo nem sequer estreou na temporada europeia e não tem perspectiva de ser utilizado - o clube esgotou a cota de estrangeiros para 2016/2017 sem o brasileiro, que passou os últimos meses em tratamento de lesão e só agora já está apto a voltar.

Representantes de Pablo e a diretoria do Corinthians estão agilizando os trâmites burocráticos para que o jogador embarque com o restante do grupo para a disputa da Florida Cup, nos Estados Unidos. O elenco viaja no domingo, e a ideia é que o provável novo reforço da zaga também vá. Uma das condições em que Pablo cedeu foi justamente no pagamento de comissão a seu empresário, que não ocorrerá.

Pablo reduziu os salários que recebia na Europa e está animado em defender o Corinthians. Nos últimos dias, ele interagiu nas redes sociais com diversos torcedores do clube e viu sua esposa postar uma montagem sua com a camisa do clube.

O Corinthians já anunciou Jô, Luidy e Kazim para 2017 e também deve oficializar nas próximas horas as contratações de Gabriel, ex-Palmeiras, e Paulo Roberto, ex-Sport. Assim como Pablo, Fellipe Bastos também está próximo de acerto. Os meias Wagner e Jadson e o meia-atacante William Pottker também são alvos, mas em condições mais distantes.