Edilson, do Corinthians

Após 45 jogos, camisa 2 do Corinthians pode deixar o clube nos próximos dias (Foto: Agência Corinthians)

Gabriel Carneiro e Rodrigo Vessoni
13/05/2016
17:01
São Paulo (SP)

O Grêmio está bem próximo de anunciar a contratação do lateral-direito Edilson, atualmente vinculado ao Corinthians e reserva imediato de Fagner na posição. Tite não estava disposto a aceitar a liberação do jogador de 29 anos, mas os argumentos acabaram sendo aceitos: contrato de três anos no clube gaúcho e perspectiva de maior utilização já a partir do Campeonato Brasileiro. O acordo deve ser firmado nas próximas horas e a tendência é que Edilson se apresente ao Tricolor após a primeira rodada da competição, que será neste domingo, justamente com o embate entre Corinthians e Grêmio na Arena.

Sem contar com Edilson, que se despede após menos de um ano e meio no clube, o Corinthians já estuda a reposição, e será uma medida caseira: Léo Príncipe, de 19 anos. O garoto foi titular do Timão na Copa São Paulo de Juniores deste ano e logo depois cedido ao Oeste. Após 11 jogos e um gol marcado no Campeonato Paulista, o garoto se preparava para seguir o cumprimento do empréstimo até dezembro deste ano e jogar a Série B do Brasileirão, mas agora deve ter o retorno solicitado pelo clube da capital.

O Corinthians não prevê grandes problemas para acertar a volta de empréstimo de Léo Príncipe, que se transformará em reserva imediato de Fagner na lateral corintiana. Além deles, Tite não conta com nenhuma outra opção. O atual camisa 2, aliás, participou normalmente do treinamento desta sexta-feira, no CT Joaquim Grava.

Revelado no futebol catarinense, Edilson ganhou evidência com a camisa da Ponte Preta, em 2009. Depois disso, ele defendeu o próprio Grêmio, além de Atlético-PR e Botafogo antes de ser contratado pelo Corinthians no ano passado. O experiente lateral foi anunciado pelo Timão em janeiro de 2015 com vínculo até o fim do mesmo ano. As atuações de bom nível quando exigido, porém, fizeram o clube renovar até dezembro de 2017. Edilson tem 45 jogos e um gol pelo Corinthians, marcado justamente nesta temporada, na goleada por 4 a 0 diante do Linense, pelo Paulistão.

Edilson entrou em campo apenas dez vezes em jogos oficiais desta temporada. Ele era o reserva imediato de Fagner, que jogou 20 vezes, marcou dois gols e deu mais cinco assistências, além de ter sido pré-convocado pela Seleção Brasileira para a Copa América. Edilson, por sua vez, soma quatro assistências em seus dez jogos.