Matheus Vidotto se machuca e deixa o campo na maca

Terceiro goleiro do Corinthians seria reserva neste domingo, mas sofreu séria lesão (Foto: Reprodução/LANCE!TV)

Gabriel Carneiro
16/05/2016
17:19
São Paulo (SP)

Menos de 24 horas após sentir fortes dores nas costas durante o aquecimento para a partida contra o Grêmio, na Arena Corinthians, o goleiro Matheus Vidotto passou por cirurgia de discectomia lombar na tarde desta segunda-feira para corrigir uma hérnia. O procedimento foi considerado bem sucedido, e a expectativa é pelo retorno do camisa 1 aos treinamentos em um prazo superior a um mês. De acordo com comunicado do clube, porém, não há previsão de retorno. A cirurgia foi realizada por Renê Kusubara e Paulo Santa Cruz e a previsão de alta é já nesta terça-feira. 

"Quero agradecer a todos que estiveram conosco nesse momento de sufoco, susto e preocupação com o Matheus Vidotto. Acabou agora a cirurgia, correu tudo bem. Mais uma coisa a graça de Deus vencida, e com toda a vibração positiva que recebeu", escreveu Dagma Caldeira, mãe do terceiro goleiro do Corinthians, em postagem de suas redes sociais às 16h40.

Matheus Vidotto seria o goleiro reserva do Timão na primeira rodada do Campeonato Brasileiro, mas caiu no gramado após realizar uma defesa e gritou, acusando fortes dores. Ele estava relacionado para a partida porque Cássio foi liberado pela comissão técnica para acompanhar o sepultamento da avó, no Rio Grande do Sul, e Walter virou titular. Após a lesão de Matheus, o quarto goleiro, Caíque França, foi chamado às pressas para completar o banco de reservas.

Fora dos treinamentos por pelo menos 40 dias, Matheus Vidotto deverá receber alta em breve e em seguida iniciar sessões de fisioterapia para se reabilitar fisicamente. A expectativa é de retorno na segunda quinzena de junho. 

O terceiro goleiro do Corinthians sonha em ser convocado para os Jogos Olímpicos deste ano, mas a situação se complicou, pois a Seleção Brasileira entra em campo já no início de agosto, e a convocação deverá ser realizada justamente no mês em que o goleiro retorna aos treinos. Neste ano, o camisa 1 do Corinthians teve chances em dois jogos oficiais no time profissional alvinegro, contra São Bento e Oeste, e sofreu apenas um gol. Foram suas primeiras partidas pelo clube.