HOME - Entrevista coletiva no Corinthians - Tite (Foto: Mauro Horita/AGIF/LANCE!Press)

Tite tenta esquecer proximidade do Corinthians do título (Foto: Mauro Horita/AGIF/LANCE!Press)

Lucas Faraldo
06/11/2015
18:53
São Paulo (SP)

O Corinthians entra em campo neste sábado, às 19h30, contra o Coritiba, em Itaquera, pelo Campeonato Brasileiro. Enquanto o Timão se encontra a quatro pontos de garantir o título, o Coxa ocupa a 18ª posição e luta contra o rebaixamento à Série B. No que depender do técnico Tite, porém, o clima de oba-oba passará longe dos jogadores alvinegros neste fim de semana.

Em entrevista coletiva concedida nesta sexta-feira, no CT Joaquim Grava, o treinador repetiu inúmeras vezes a necessidade de respeitar o adversário, tentando deixar de lado a proximidade de sua equipe do título. Em determinado momento, Tite até deixou de responder uma pergunta sobre volta olímpica (tema levantado por Vagner Love na segunda-feira).

A situação é semelhante à enfrenta pelo Flamengo em setembro. O time de Oswaldo de Oliveira vinha de seis vitórias seguidas, entrou em campo no Mané Garrincha com 67 torcedores a seu favor e acabou surpreendido pela zebra Coritiba: derrota de 2 a 0. Ao ser questionado pelo LANCE! sobre as lições que o Corinthians pode tirar deste tropeço rubro-negro, Tite enalteceu a importância da partida deste sábado para o Coxa.

'Tenho um lado ético de respeito aos companheiros de minha profissão. Respeito o Coritiba e quero que haja um bom desempenho nosso', argumentou Tite

– Você pode levantar? Ou olhar para as câmeras? Foi a única pergunta contra o oba oba. Sei que não tem nada adiantado, conquistado desde que desde que a coisa bata lá no fim. Isso porque do outro lado tem adversários de qualidade, disputando posições diferentes da nossa, em situações diferentes, porém de qualidade (...) Coritiba está brigando pela sua permanência na primeira divisão – comentou o treinador.

Especificamente sobre a inusitada situação de poder ser campeão no domingo (Atlético-MG precisa tropeçar no Figueirense) em caso de vitória no sábado, Tite avisou: não irá comemorar o título após um eventual triunfo sobre o Coxa.

– Tenho um pensamento muito claro. Tenho um lado ético de respeito aos companheiros de minha profissão. Respeito o Coritiba e quero que haja um bom desempenho nosso contra o Coritiba – afirmou.

– Não quero falar nenhuma situação a respeito de volta olímpica. Prefiro ser tachado, neste item, de uma resposta politicamente correta, do que ser desrespeitoso e não ter ética profissional – completou.