Lucca tem dois gols pelo Timão (Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians)

Lucca tem dois gols pelo Timão e não sabe o que é perder (Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians)

Bruno Cassucci e Lucas Faraldo 
13/11/2015
07:05
São Paulo (SP)

Campeão brasileiro invicto? Mais ou menos... É verdade que o Corinthians foi derrotado em quatro jogos ao longo das 34 rodadas do Brasileirão disputadas até aqui. Mas há um time formado por 11 jogadores que pode se gabar de não ter perdido uma partida sequer na (quase) vitoriosa campanha alvinegra.

O Timão sofreu três derrotas no primeiro turno, contra Palmeiras (0 a 2), Grêmio (1 a 3) e Santos (0 a 1), e apenas um na segunda metade, diante do Internacional (1 a 2). Os seguintes atletas, por sua vez, não entraram em campo em nenhuma dessas partidas: o goleiro Walter, o lateral Guilherme Arana, o zagueiro Yago, o volante Marciel, os meias Matheus Pereira e Rodriguinho e os atacantes Rildo, Lucca, Lincom, Guerrero e Emerson Sheik (os dois últimos atualmente defendem o Flamengo).

Dos 11 invictos do Corinthians, quem mais jogou foi Guilherme Arana, de 18 anos. O lateral-esquerdo estava emprestado ao Atlético-PR e teve seu retorno solicitado após a saída de Fábio Santos. Com a lesão de Uendel, coube ao jovem assumir a titularidade e encaminhar o primeiro título pelo Timão. E de forma “invicta”!

Arana Corinthians
Arana substitui Uendel na ala esquerda(Foto: Daniel Augusto Jr.)

Outro que também vem ganhando espaço é Lucca. Contratado em setembro do Criciúma, o atacante se tornou “talismã” e já marcou gols contra Atlético-MG e Coritiba.

Vale lembrar que a última vez que o Corinthians conquistou um título invicto foi a Libertadores, em 2012 – oito vitórias e seis empates. Antes disso, foi o Paulista de 2009, com Ronaldo e o técnico Mano Menezes. O único clube a sagrar-se campeão nacional sem perder nenhuma partida foi o Internacional, em 1979.

OS 11 INVICTOS

Walter
Goleiro entrou em campo três vezes para substituir Cássio, quando este esteve lesionado. Não tomou nenhum gol.

Guilherme Arana
É o invicto com mais minutos jogados: 828. Fez 11 jogos, anotou um gol e substitui o machucado Uendel.

Yago
Zagueiro tem sete jogos no Brasileirão e foi improvisado como lateral-esquerdo.

Matheus Pereira
Jovem de 17 anos, visto como promessa, entrou no fim de um jogo e soma apenas um minuto em campo.

Marciel
Volante é um dos destaques da base e teve quatro chances. Fez um gol, logo em sua estreia na equipe.

Rodriguinho
Meia voltou do Al-Sharjah no meio do ano, foi moldado por Tite para ser reserva de Elias, soma oito jogos e fez dois gols.

Rildo
Atacante veio da Ponte Preta e ganhou confiança de Tite nos treinos. Quando teve chance como titular, se lesionou. Soma 12 jogos e nenhum gol.

Lucca
Já é visto pela torcida como “talismã”. Vem entrando no fim dos jogos e atuando bem. Tem sete partidas e dois tentos anotados.

Lincom
Chegou do Bragantino e vem tento pouco espaço por conta da boa fase de Love. Atuou só uma vez.

Emerson
Ídolo do clube, atuou em três jogos antes de sair para o Flamengo.

Guerrero
Atualmente no Fla, fez dois jogos pelo Timão antes de ir para o Rio.

AS QUATRO DERROTAS NO BRASILEIRÃO

Palmeiras
No dia 31 de maio, Corinthians recebeu o Palmeiras em Itaquera. A equipe havia sido eliminada da Libertadores duas semanas antes. O clima pesado piorou: derrota em casa para o arquirrival por 2 a 0, com gols dos palmeirenses Rafael Marques e Zé Roberto.

Grêmio
Em 3 de junho, três dias após perder para o Palmeiras, o Timão visitou o Grêmio no Rio Grande do Sul e levou dois gols relâmpagos de Giuliano e Marcelo Oliveira. Mendoza e Romero perderam vários gols. O colombiano até descontou, mas Luan sacramentou 3 a 1.

Santos
Ainda em junho, no dia 20, o Timão sofreu novo revés. A equipe de Tite desceu a Serra e foi até a Baixada Santista encarar o Peixe. O rival, que atualmente tem a segunda melhor campanha como mandante, venceu por 1 a 0 com gol de Ricardo Oliveira.

Internacional
A única derrota do Corinthians no segundo turno até aqui aconteceu no Beira-Rio, contra o Internacional. Os colorados saíram perdendo, graças a um gol de Malcom. Mas o Timão permitiu a virada, que saiu com gols de Réver e Valdivia. Placar final ficou em 2 a 1.