Corinthians sub-17

Equipe do técnico Marcio Zanardi vinha jogando como mandante em Limeira (Foto: Reprodução/Instagram)

Gabriel Carneiro
24/05/2016
11:00
São Paulo (SP)

Alheio às denúncias de corrupção nas categorias de base, o time sub-17 do Corinthians segue fazendo bonito dentro de campo. Nesta terça-feira, às 19h, a equipe juvenil inicia uma decisão inédita contra o Sport na Copa do Brasil, a competição mais importante da categoria no futebol nacional. O jogo de ida será disputado na Ilha do Retiro, no Recife, e o Timão apresenta boas credenciais para o desafio: não perdeu nenhum compromisso como visitante.

Em quatro fases disputadas até o momento, o Corinthians eliminou Luverdense, Coritiba, Chapecoense e Cruzeiro com um empate e três vitórias longe de Limeira, onde mandou suas partidas. Ao todo, a equipe do técnico Marcio Zanardi acumula seis vitórias, um empate e apenas uma derrota nos oito compromissos disputados até agora, ou seja, um aproveitamento próximo de 80% dos pontos. Na competição, foram 18 gols marcados e dez sofridos.

O Corinthians tem um dos artilheiros da Copa do Brasil sub-17, que é o atacante Caio Emerson, que marcou sete gols - mesmo número de André Anderson, do já eliminado Santos. O camisa 7 do time juvenil, aliás, ainda não tem contrato profissional firmado com o Corinthians. Aos 17 anos, o garoto está no Corinthians desde 2013, mas seu único vínculo com a equipe é de formação, com validade até 26 de fevereiro do ano que vem. Dos titulares na semifinal da Copa do Brasil sub-17, o garoto é um dos únicos quatro que ainda não possui contrato profissional segundo registros da Federação Paulista de Futebol (FPF).

Além dos sete gols de Caio Emerson, o Corinthians marcou na Copa do Brasil sub-17 com Fabrício Oya, grande destaque da categoria, que anotou cinco gols até o momento, e mais cinco jogadores que fizeram um cada.

Após o compromisso fora de casa, o Corinthians decide a Copa do Brasil sub-17 jogando em seus domínios, na próxima terça-feira. O palco escolhido foi o Pacaembu.