Bruno Cassucci, Gabriel Carneiro e Rodrigo Vessoni
14/09/2016
11:00
São Paulo (SP)

Nada de laranja para simbolizar o terrão, amarelo para fazer ligação com a Seleção Brasileira e a Copa do Mundo no Brasil, azul como referência ao dia em que o Corinthians representou a Seleção Brasileira, o cinza dos prédios de São Paulo, grená em reedição da homenagem ao Torino de 1949 ou roxo por causa do fanatismo de seu torcedor. O novo terceiro uniforme do Corinthians, lançado nesta terça-feira e que será usado pela primeira vez no jogo contra o Coritiba, é azul por motivos inexplicáveis. E é justamente este o conceito que a Nike, fornecedora de material esportivo do clube, deseja passar: certas coisas que acontecem com o Timão simplesmente não têm sentido. 

- Quando criamos o conceito da campanha de divulgação estávamos buscando uma verdade única por trás desse grande símbolo que é a camisa do Corinthians. E percebemos que, independente da cor, essa camisa carrega um histórico de fatos tão incríveis e inesperados que se tornaram inexplicáveis. Foi daí que surgiu a ideia de valorizarmos essa verdade tão especial do Corinthians: um clube onde a lógica nunca foi exata, onde o normal foge à regra, com uma nação de um bando de loucos que desafia a razão e que faz o inexplicável acontecer. Inclusive usar uma camisa azul para representar uma paixão alvinegra - explica, ao LANCE!, Nuno Silva, gerente-geral da Nike no país.

A própria campanha de lançamento da camisa predominantemente azul foi "inexplicável". O Corinthians abriu pré-venda do item na última terça-feira, dia 6, e os cem primeiros torcedores da cidade de São Paulo que comprassem a camisa receberiam o produto em suas casas nesta terça, dia 13. Essas pessoas é que seriam as responsáveis por divulgar o novo uniforme por meio das redes sociais, e por isso tantas imagens vazaram logo pela manhã. 

A única ordem para estes cem torcedores ao postarem as imagens da nova camisa era o uso da tag "#corinthiansnãoseexplica", como foi feito. Logo que o vazamento se tornou público, a Nike divulgou imagens em boa qualidade e lançou o produto na internet. As lojas da Arena Corinthians venderão as camisas a partir da manhã desta quarta-feira e todas as lojas físicas do clube passam a comercializar o item a partir da sexta desta semana. Fagner e Marquinhos Gabriel foram escolhidos como modelos da camisa, vista pelo clube e pela empresa como grande potencial de vendas.

- A expectativa é sempre grande. Os terceiros uniformes, que normalmente fogem da paleta de cores tradicionais dos clubes, hoje são sinônimo de sucesso entre os torcedores que se interessam cada vez mais por inovações e novas opções em design - sentenciou o diretor da empresa.

BATE-BOLA com NUNO SILVA
Gerente-geral de futebol da Nike no Brasil

Nuno Silva
Diretor da Nike explicou a nova camisa do Timão (Foto: Divulgação)

O Corinthians usará esse uniforme em todos os jogos como visitante?
O Corinthians estreia o novo uniforme 3 no jogo contra o Coritiba, e a ideia é que o time use o terceiro uniforme em algumas partidas fora de casa. O uniforme oficial de visitante continua sendo o tradicional preto (uniforme 2) mas, a partir de hoje, o Corinthians conta com a opção do uniforme 3 para partidas fora de casa. O calendário de jogos será definido pelo clube.

A laranja foi a terceira camisa do Corinthians que mais vendeu? Tem números?
A Nike não divulga números, mas podemos dizer que a camisa laranja surpreendeu todas as nossas expectativas.

Quando será lançada a nova camisa listrada em preto e branco?
A data oficial de lançamento dos novos uniformes 1 e 2 do Corinthians ainda está sendo definida pela Nike e pelo clube. De qualquer forma, podemos afirmar que seguirá o calendário convencional de lançamentos adotado nos últimos anos (uniforme 1 no primeiro semestre, uniforme 2 no segundo semestre e uniforme 3 em data próxima ao aniversário do clube).

Nos últimos lançamentos, torcedores reclamaram dos preços dos uniformes. Há alternativas para deixar os produtos mais acessíveis?
Vale lembrar que há duas camisas dos clube oferecidas pela Nike: a versão torcedor, que custa R$ 249,90 e representa a grande maioria dos produtos disponíveis no mercado, e a mesma camisa, usada pelos atletas (versão jogador), que custa R$ 399,90 e traz o melhor da tecnologia Nike para respirabilidade, leveza e resistência dentro de campo. Além desses modelos, a Nike oferece versões mais acessíveis para público feminino e infantil, além de uma linha de roupas casuais com preços abaixo dos praticados nas camisas de jogo.