LANCE!
22/10/2016
16:38
São Paulo (SP)

Ídolo do Corinthians em duas passagens como jogador (entre 1989 a 1993 e de 1996 a 1997) e campeão paulista e brasileiro pelo clube, o ex-jogador Neto publicou um texto em seu site indicando que pode se candidatar à presidência do Timão nos próximos anos. A publicação do ídolo alvinegro, que hoje é apresentador e comentarista da TV Bandeirantes, foi motivada por uma denúncia envolvendo o atual mandatário do clube, Roberto de Andrade.

Segundo a revista "Época", Roberto de Andrade assinou a ata de uma reunião referente às obras da Arena Corinthians dois dias antes de sua eleição como presidente, em fevereiro de 2015. O assunto revoltou o ex-jogador, que diz acreditar que "a única pessoa que confio para conduzir o Corinthians de maneira realmente transparente" é ele mesmo.

"Todo mundo me pergunta nas ruas se eu, corintiano assumido, teria coragem ou aceitaria o desafio de ser presidente do Corinthians. Relutei por muito tempo. Até porque sempre me dediquei à carreira de comentarista. Profissão que amo de coração, diga-se de passagem! Mas tendo em vista tanta papagaiada e coisa suja que acontece com essa turma que administra o clube, me deu vontade sim de em um futuro breve tentar me eleger. Revolucionar, quem sabe, as coisas lá de dentro. Embutindo ao menos seriedade e honestidade", disse o ex-jogador, que também é conselheiro do Corinthians.

Jogador do Corinthians em 228 partidas e autor de 80 gols neste período, o Xodó da Fiel não estipulou uma data para concorrer ao pleito, mas manifestou intenção de concretizar a ideia. "(...) Vou me preparando para lá na frente, quem sabe, ser o primeiro ex-jogador a fazer sucesso aqui no Brasil como presidente de time grande. Aguardem...", escreveu.