Bruno Cassucci
04/09/2016
12:05
São Paulo (SP)

Destaque do treino do Corinthians no último sábado, o atacante Gustavo voltou a brilhar em atividade no CT Joaquim Grava neste domingo. O mais novo reforço do Timão balançou as redes duas vezes em trabalho em campo reduzido, mas também levou uma bronca do técnico Cristóvão Borges. Ao tentar uma jogada sozinho, sem tocar a bola, o camisa 9 alvinegro ouviu os gritos do treinador: "O jogo é coletivo, Gustavo!"

No entanto, não foi só com o centroavante que Cristóvão gritou. O comandante corintiano deu várias orientações e algumas duras no trabalho desta manhã, sobretudo quando os atletas cometiam erros de passe ou eram "fominhas".

O treinamento não contou novamente com Bruno Paulo e Guilherme. O atacante, que ainda nem sequer estreou pelo clube, fez trabalho de reforço muscular no Lab R9 (laboratório de biomecânica do Timão), enquanto o camisa 10 realizou fisioterapia por conta de dores no músculo posterior da coxa direita. O meia pode ser desfalque diante do Sport, na próxima quinta-feira, em partida da 23ª rodada do Brasileirão, na Arena Corinthians.

Mais uma vez Cristóvão Borges não dividiu reservas e titulares. A tendência é que isso comece a ser feito nesta segunda-feira, quando os jornalistas terão acesso apenas ao aquecimento dos jogadores.

Para o próximo compromisso, o Timão terá o retorno de Fagner, que está com a Seleção Brasileira, mas não poderá contar com Balbuena, zagueiro que está suspenso por ter sido expulso na última partida.