Giovanni Augusto

Giovanni Augusto em ação no treino do Corinthians (Foto: Daniel Augusto Jr)

LANCE!
19/07/2016
12:16
São Paulo (SP)

O meia Giovanni Augusto disse que Alexandre Pato está ansioso para voltar a jogar pelo Corinthians. A reestreia do atacante deve acontecer no sábado, contra o Figueirense, em duelo na Arena de Itaquera, pela 16ª rodada do Campeonato Brasileiro.

- Ele está ansioso, feliz, contando as horas para chegar esse dia, mostrar que merece uma nova oportunidade. Tenho certeza de que vai dar a volta por cima. Quando a pessoa está motivada e feliz, tudo tende a dar certo. Todos sabem da qualidade que ele tempo, ele pode decidir jogos. Fico feliz de jogar com alguém desse porte. Foi referência no futebol brasileiro, deixou cair, mas tem qualidade. Vai dar muita alegria - afirmou o meia, em entrevista coletiva nesta terça-feira, no CT Joaquim Grava.

Apesar dos elogios ao companheiro, Giovanni ao responder se Pato era o melhor atacante do Brasil. Por outro lado, o meia do Timão disse que o atacante "não tem limite" e pode se tornar uma referência no Brasil.

- Não (é o melhor atacante do Brasil). Acho que no momento tem outros jogadores à frente, mas ele tem qualidade impressionante. Tenho certeza de que quando voltar a jogar, pode, sim, se tornar uma referência novamente no futebol brasileiro. Hoje temos Ricardo Oliveira, com poder de finalização grande, Fred e Pratto. Aqui, temos André, Luciano, Danilo. Diante deles, Pato não tem limite. Pode crescer muito - analisou.

Giovanni teve de responder a outras perguntas sobre Pato durante a entrevista coletiva. Em uma delas, admitiu que há uma desconfiança sobre a volta do atacante ao Corinthians, mas pediu o apoio da Fiel.

- A desconfiança sobre o Pato existe, é verdade, pelo o que ele fez naquele campeonato (Copa do Brasil de 2013, quando perdeu pênalti de cavadinha na eliminação do Corinthians para o Grêmio), mas já faz parte do passado. Pelo o que eu vejo ele trabalhando no dia a dia, já superou isso. Ele está focado e determinado em dar a volta por cima. Vale a pena a torcida dar um voto de confiança para ele, que faz a diferença em qualquer clube - disse.